Sonhei, lutei, não alcancei…

Em Artigos de Opinião, Atletas - Artigos de Opinião, Lesões Desportivas, Medicina - Artigos de Opinião, Psicologia do Desporto/ Coaching Desportivo, Treinadores - Artigos de Opinião por AdminDeixe um comentário

Tenho conversado com um número considerável de atletas que estão desiludidos com o seu percurso. Sonharam, lutaram, mas não alcançaram o que queriam, por alguma razão.

Nunca duvidei de uma coisa, podemos chegar a qualquer lugar que nos proponhamos a chegar, então comecei a “investigar” o porquê de tanta gente com muita vontade, ter falhado em alcançar os seus objetivos.

Nesta “investigação” encontrei 3 tipos de comportamentos que estes atletas tiveram, que lhes afastou dos seus sonhos:

OBJETIVOS FORA DE TEMPO

Por vezes o problema não é o objetivo que traças, é o tempo que te dás para alcançá-lo. Querer chegar a determinado patamar fora de tempo, faz com que, quando chegue esse tempo, em vez de estares motivado porque já conseguiste alguma coisa, ficas desiludido porque não estar onde achas que deverias estar.

QUEREM MAIS, MAS NÃO FAZEM MAIS

Todos querem ser o Cristiano, o Jordan ou o Phelps… Poucos querem fazer o que eles fizeram. Poucos querem ser os primeiros a chegar, os últimos a sair, os que treinam nas folgas, os que correm o quilómetro extra…
Ou aumentas o teu processo, ou diminuís o teu sonho.

FIZERAM MAIS, MAS NÃO FIZERAM MELHOR

Por último, temos os que até decidiram fazer mais, mas não necessariamente melhor. Em algum momento as suas estratégias não estavam a funcionar, e em vez de redefini-las, insistiram com mais intensidade nela.
Já Einstein dizia que a definição de insanidade é fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes.

Como dizia ao início, acredito que conseguimos fazer tudo a que nos proponhamos, mas não só porque acreditamos e queremos. A habilidade mental para sabermos o como, o quando, e o quê, na medida certa, na hora certa, da forma certa, é tão importante como a intensidade, paixão e determinação que colocamos no que fazemos.

O equilíbrio entre o treino e o descanso é o que constrói o físico do atleta.

O equilíbrio entre a ação e a reflexão é o que constrói o desenvolvimento dos nossos processos em excelentes resultados.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.