Rodrigo Boavida – O Judo Viseense está em alta

In Artes Marciais, Destaque, Entrevista by RedaçãoDeixe um comentário

Ficha Técnica

Nome: Rodrigo Boavida

Data de Nascimento: 11/07/2001

Altura: 1,80m

Peso: 90Kg

Clube: Judo Clube Viseu

Títulos e Conquistas Recentes:

  •  Campeão Nacional de Cadetes (Sub-18) 2018
  • Vice-campeão Nacional Juniores (Sub-21) 2018
  • 7º Lugar no Campeonato da Europa de Cadetes 2018

 


O jovem judoca, Rodrigo Boavida, tem sido uma constante nas manchetes do Judo português. Conquistando medalha após medalha nas competições Nacionais, o mais recente capítulo deste atleta ficou marcado com o melhor resultado Português na competição realizada na Bósnia e Herzegovina.

 

Dsport – Rodrigo, para percebermos melhor esta tremenda evolução que se traduziu em conquista após conquista, é importante saber como tudo começou. Quando é que foi o teu primeiro contacto com a modalidade?

Rodrigo Boavida – O meu primeiro contacto com o Judo foi em Setembro de 2007 depois de ter praticado futebol durante um ano. Após esse ano num desporto coletivo os meus pais decidiram procurar um desporto que incutisse outros valores. Deste modo descobriram o Judo no qual me mantenho até hoje.

 

Dsport – Como é que chegaste ao Judo Clube Viseu, e de que forma o JCV tem correspondido às tuas expectativas e ao teu potencial?

Rodrigo Boavida – Na época o Judo Clube de Viseu era o clube mais bem representado na cidade, aliás ainda hoje é, e foi esse o motivo pelo qual os meus pais decidiram inscrever-me no JCV.
O Judo Clube de Viseu tem apoiado os seus atletas de acordo com as suas possibilidades, tendo nestes dois últimos anos, devido a mudanças profundas na área técnica e directiva, ter-se notado mais o empenhamento de todos em prol do sucesso do clube.

 

Temos vários mestres de reconhecido valor a nível nacional assim como muitos praticantes que ajudam na evolução do judo de cada um. No meu caso em particular o Judo Clube de Viseu tem correspondido às expectativas, tanto através do profissionalismo dos mestres como do empenhamento dos colegas de treino, o que me tem ajudado bastante para alcançar os resultados que tenho obtido.

 

 

Dsport – O sonho de muitos atletas é serem convocados para representar a sua Seleção. Como te sentiste ao saber que tinhas sido escolhido para representar Portugal em desafios internacionais?

Rodrigo Boavida – A partir do momento em que comecei a competir a nível nacional, tendo no meu primeiro ano como juvenil obtido o título de Vice-campeão nacional em 2014, comecei a sonhar na possibilidade de um dia representar a Seleção nacional.

Tomei isso como um objectivo, tendo no ano seguinte sido convocado para algumas competições. No entanto só este ano, consegui o feito de ser convocado em simultâneo para a Selecção Nacional de Cadetes e Juniores no qual fiz várias provas internacionais culminando com o apuramento para o Campeonato da Europa de Cadetes em Sarajevo na Bósnia e Herzegovina.

É, sem dúvida, um orgulho e uma enorme felicidade poder representar Portugal além fronteiras.

Dsport – Com a nova época desportiva à porta, quais são os teus principais objetivos? E os do Judo Clube Viseu?

Rodrigo Boavida – Os meus objetivos para este ano desportivo é superar a performance atingida este último ano, para o qual me encontro a trabalhar.

Para o Judo Clube de Viseu, passa por continuar a formar não só atletas mas acima de tudo pessoas, não deixando de estar focado nos bons resultados desportivos dos seus atletas.

Dsport – Qual a importância do Judo para ti enquanto jovem, estudante e atleta?

Rodrigo Boavida – Neste momento frequento o 12º ano e num futuro próximo pretendo continuar os meus estudos na universidade. O Judo tem uma grande importância na minha vida mas tenho que conciliar com os estudos. Enquanto estudante e atleta tenho que estruturar os meus horários e aproveitar todo o tempo disponível para estudar e treinar.

Dsport – Recentemente entrevistamos o Sensei Abel Figueiredo, no âmbito do Karaté uma modalidade “irmã” do Judo. Uma das grandes perguntas foi sobre a relação entre as artes marciais e a violência. Qual é o teu parecer? Achas que os jovens da tua idade partilham o teu ponto de vista?

Rodrigo Boavida – No meu ponto de vista as artes marciais foram criadas para termos noção entre o bem e o mal, as artes marciais ajudam a ganhar autocontrolo sobre nós próprios e não a promover a violência, pois as artes marciais servem mesmo para evitar casos de violência pois acabamos por aprender a defender-nos e não agredir a primeira pessoa que vemos à frente. Pelo menos estes foram os ensinamentos que o Judo me deu e é este o meu ponto de vista sobre este assunto.

Dsport – Que conselhos darias aos jovens no sentido de abraçarem uma modalidade como o Judo ou outra qualquer, e a importância que o desporto tem no seu desenvolvimento?

Rodrigo Boavida – Hoje em dia, com o evoluir da tecnologia cada vez mais nos tornamos sedentários o que não é o mais saudável para a nossa vida. Por este motivo acho que todos os jovens e não só deviam dedicar um pouco do seu tempo a fazer algum desporto de modo a manter uma vida equilibrada e saudável.

No desporto, não só se fica mais saudável mas também ajuda muito a nível social e psicológico.

 

 

Dsport – Que conselhos darias aos jovens no sentido de abraçarem uma modalidade desportiva como o Judo. Que importância desporto tem no seu desenvolvimento físico e social?

Rodrigo Boavida – Na minha opinião, toda a gente deveria experimentar pelo menos uma vez na vida Judo, porque ao contrário do que muitas pessoas pensam, o Judo não é um desporto violento tanto que a UNESCO considerou o Judo como a modalidade ideal para formação desportiva pois contribui para o desenvolvimento psicomotor das crianças e jovens por ser um desporto muito completo. Também a nível social, o judo promove valores de amizade, respeito, participação e esforço.

E claro que num desporto tão bom como o Judo não há melhor do que subir ao tatami (tapete) do Judo Clube de Viseu e passar um bom tempo a aprender novas coisas com mestres e colegas sempre prontos a ajudar.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.