Académico Viseu 0-1 Vizela: Ineficácia vale entrada em falso

Em Futebol, Segunda Liga por Admin

João Vieira fez o único golo da partida

O Vizela foi este sábado vencer ao Estádio do Fontelo. Frente ao Académico de Viseu, o conjunto nortenho conquistou os 3 pontos graças a um golo de João Vieira logo aos 4 minutos da segunda parte, garantindo um triunfo por 0-1.

André David montou uma equipa limitada, onde, ainda assim, estavam três reforços, Bruno Miguel, Stephane e Pana. Com Elisio em estreia absoluta mas sem guarda-redes no banco, muitas foram as ausências, casos de Saná, Moses, Zé Paulo, Pedro Paulo e Rodolfo, juntando-se a este lote o castigado Diogo Freire e João Ricardo que não constou na convocatória.

Ainda assim o Académico esteve sempre por cima do jogo, com Bura a acertar no poste aos 5′ e Capela a ficar perto do golo já nos instantes finais da primeira parte. Na etapa final, e já em desvantagem, os viseenses tomaram de assalto a baliza de Pedro Albergaria que só por milagre saiu do Fontelo com as suas redes a zero, ficando na retina o remate de Ricardo Ferreira que Capela tirou na linha de golo e que Zé Pedro, na recarga, atirou à barra.

Com a ineficácia, que foi dando sinais na pré-época, a fazer duas suas, o Académico Viseu entra assim em falso na nova temporada, tendo agora uma semana para tentar correr atrás do prejuizo.

Ficha de jogo:

Estádio do Fontelo, Viseu

Académico Viseu: Elísio, Tomé, Bura, Bruno Miguel, Stéphane; Capela, Paná, Bruno Loureiro (José Postiga, 84′); Yuri (Ricardo Ferreira, 77′), Tiago Borges (Carlos Eduardo, 68′), Zé Pedro;

Suplentes não utilizados: Tiago Gonçalves, Rafael Barreiros;

Treinador: André David.

Vizela: Pedro Albergaria, Dani, Cláudio, João Cunha, Elízio; Tiago Ronaldo (Alex Porto, 81′), Tiago Martins, Luís Ferraz; Filipe Augusto, João Vieira (João Sousa, 90’+1), Mário Mendonça (Panin, 69′);

Suplentes não utilizados: Paulo Ribeiro, Felipe Martins, Pinto, João P.;

Treinador: Ricardo Ribeiro.

Árbitro: Rui Oliveira (Porto).

Disciplina: Cartão amarelo a Zé Pedro (33′), Dani Coelho (34′) e Mendonça (65′).