Carlos Sousa: “Gostaria de ver Jesus, Rui Vitória, Conceição e Mourinho com uma pá no meio do deserto”

In Futebol, Rally by RedaçãoDeixe um comentário

Piloto português disse que gostaria de ver treinadores portugueses no Rali Dakar.

Carlos Sousa aproveitou a pausa no rali Dakar2018 para dar uma entrevista ao site oficial da Renault em Portugal. O piloto da marca francesa falou de tudo, desde Mourinho a Sara Sampaio, passando pelos treinadores dos ´três grandes` e ainda André Villas-Boas.

Numa animada entrevista, o piloto da Renault falou da possibilidade de ver José Mourinho, Jorge Jesus, Rui Vitória e Sérgio Conceição no Dakar.

“Ia ser um ‘prato’. Ia adorar vê-los com a pá na mão no meio do deserto. E para a prova ia ser fantástico, pois ia ser ainda mais mediática”, atirou, em tom descontraído.

Sobre Villas-Boas, que fez uma pausa na carreira de treinador para participar na mítica prova, Carlos Sousa só lamenta que o antigo técnico do FC Porto se tenha estreado num ano duro do Dakar.

“O André só teve o azar de se estrear com um Dakar com este figurino. Não há amador que resista a um Dakar como o deste ano”, começou por dizer.

Nesta edição do Dakar, André Villas-Boas, ao volante de um Toyota, tinha como copiloto Rúben Faria, antigo motard. Os dois acabaram por desistir da prova depois de um acidente que os levou até ao hospital. Carlos Sousa sublinhou ser “completamente” impossível fazer o que fez Ruben Faria este ano.

“Sou a pessoa mais medrosa a andar ao lado”, disparou.

E entre Jesus e Carlos Sousa, quem falará melhor ´portunhol`?

“Empate técnico… Eu acho que ele fala melhor ‘Portunhol’ e eu espanhol”, rematou.

Na quinta etapa da prova, Carlos Sousa pensou em desistir. Mas depois pensou melhor e resolveu continuar em prova.

“Não considerem presunção, mas depois de tantas participações e de tão bons resultados, para mim já não é tão importante chegar ao fim do Dakar. As hipóteses de conquistar um bom resultado terminaram. Mas com tanta a gente a pedir para não desistir, obviamente que não ia ficar pelo caminho. Agora, é tentar fazer uns brilharetes quando as condições nos forem mais favoráveis”, explicou ao site da Renault em Portugal.

Carlo Sousa segue na 18.ª posição nos carros, onde o líder é Stephane Peterhansel, bicampeão em título, e vencedor da prova por um número recorde de 13 vezes.
O motard argentino Kevin Benavides (Honda) é o novo líder nas motos.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.