Resumo dos escalões de formação do AFD O Pinguinzinho

Em Futebol Formação por AdminComentários de 0

Sub-10 | Camp. Distrital – Zona Sul | 2ª Jornada
SL Nelas 2-7 AFD O Pinguinzinho

Boa estreia dos Sub-10, ao vencer fora de casa, naquele que foi o primeiro jogo oficial para muitos dos atletas.

O Pinguinzinho teve o jogo quase sempre controlado, tendo chegado aos 0-2 ainda antes dos 10 minutos. A equipa da casa reduziu através de um lançamento longo do seu guarda-redes na procura do avançado que fez o golo. Era esta a estratégia dos jogadores do Nelas, procurando apanhar a equipa do Pinguinzinho descompensada. Ainda antes do intervalo, os visitantes ampliam para 1-3, resultado com que se saiu para o descanso.

No segundo tempo, ainda maior o domínio do Pinguinzinho, com o avolumar do marcador até aos 2-7 finais, que são esclarecedores quanto à justeza do resultado.

Começo com o pé-direito e uma bela exibição de futebol.

Marcadores: Salvador (3), André, Santiago, Martim Morais e Gabriel Pinto.

 

Sub-11 | Camp. Distrital – Zona Sul | 2ª Jornada
AFD O Pinguinzinho 5-6 CRC Santo André

Segunda parte de gala não foi suficiente para anular a desvantagem do primeiro tempo, num thriller emocionante que deixou os espectadores empolgados até ao apito final.

O primeiro jogo oficial desta época de 2017-2018 foi também o primeiro jogo para alguns dos atletas que fazem parte do plantel Sub-11 do Pinguinzinho. Notou-se uma grande ansiedade que foi contraproducente e acabou por estar na origem de um conjunto de erros que acabaram por custar caro à equipa da casa, tendo permitido que o marcador registasse, ao intervalo, um expressivo 1-5.

Enganaram-se todos aqueles que deram o jogo por acabado ao intervalo. As equipas do Pinguinzinho lutam sempre até final e quem esteve no Estádio, não deu o seu tempo por mal empregue, face ao que aconteceu no segundo tempo.

O balneário foi bom conselheiro e a equipa entrou transfigurada e disposta a provar que tem valor. E foi isso mesmo que aconteceu! O Pinguinzinho dominou por completo no segundo tempo e marcou por 4 vezes, deixando a sensação de que, se o jogo tem mais 5 min, podia arrecadar os 3 pontos.

O resultado final saldou-se em 5-6, com a equipa do Santo André (com muita qualidade) a arrecadar os 3 pontos.

A exibição do segundo tempo vem demonstrar que estamos no caminho certo, a fazer um trabalho de grande qualidade.

Marcadores: Fred (3), Ivan e Kevin

 Sub-12 | Camp. Distrital – Zona Sul | 2ª Jornada
AED Pestinhas 0-3 AFD O Pinguinzinho

 

Sub-15 | Camp. Distrital – Zona Sul | 4ª Jornada
Viseu United 1-1 AFD O Pinguinzinho

O Pinguinzinho trouxe um empate de Viseu, que de alguma forma é um resultado justo mas que soube a pouco.

O equilíbrio acabou por ser a tónica do jogo, ao longo dos 70 min, mas sempre que o Pinguinzinho imprimia um ritmo mais elevado, conseguia criar perigo. Faltou alguma intensidade para se poder arrancar um resultado melhor.

O marcador registava 0-0 ao intervalo, numa primeira parte sem grande história, em que os visitantes foram a equipa mais perigosa, embora sem grandes lances de golo.

O segundo tempo começou com a equipa da casa a colocar-se em vantagem, depois de uma desatenção defensiva do Pinguinzinho. A formação de Santa Comba Dão deixou enredar-se no jogo muito directo do Viseu United e não foi capaz de praticar o seu futebol mais apoiado, deixando tudo por fazer para os 10 min finais, quando se assumiu e correu atrás do prejuízo. Mais com o coração do que com a cabeça, é certo, mas a verdade é que o Pinguinzinho criou oportunidades suficientes para empatar e até mesmo ganhar o jogo, junto à sua parte final. Ainda antes dos 70´, o Pinguinzinho introduziu, por 2 vezes, a bola na baliza adversária, mas ambos os lances foram invalidados por fora-de-jogo (um deles a deixar muitas dúvidas).

O empate acabou por chegar já em período de descontos, depois de uma boa combinação à entrada da área e Rúben a atirar a contar.

A distribuição de pontos aceita-se, pelo que foi a produção das 2 equipas ao longo do jogo.

Sub-15 | Camp. Nacional – Série C | 10ª Jornada
GR Vigor Mocidade 3-0 AFD O Pinguinzinho

A formação de Santa Comba Dão sai derrotada de Coimbra, num jogo onde a eficácia dos visitados fez a diferença e num dia em que a sorte não esteve do lado do Pinguinzinho.

Começo forte do Pinguinzinho a assumir as despesas do jogo. Logo aos 3´, António descobre Né, que ganha um ressalto na entrada da área e atira ao lado. Aos 4´ é a equipa da casa quem aparece na área, a conseguirem rematar para uma boa defesa de Ian.

O Pinguinzinho passou a deter o controlo total do jogo e criou, nos primeiros 20 min, um punhado de situações de golo. Aos 5´, Jota recebe a bola no meio campo contrário e corre na direção da baliza, tira um adversário do caminho e fica na cara do GR, junto à pequena área, mas o remate é defendido, numa perdida incrível. Aos 7´, grande arrancada de Né, sobre a esquerda, a ganhar a linha e a cruzar atrasado demais para Jota que aparecia em zona de finalização. Que perigo! Aos 11´, livre batido por Rianço que descobre Ricardo ao segundo poste mas o cabeceamento sai ligeiramente ao lado. Cheirava a golo, mas os visitantes revelavam pouca eficácia no capítulo da finalização.

Aos 19´, livre sobre a linha do meio campo, favorável ao Vigor, com a bola a ser batida para a pequena área, onde aparece um avançado sem marcação que, mesmo sem tocar na bola, consegue iludir Ian que vê a bola bater à sua frente e depois passar-lhe por cima, parando apenas no fundo das redes e colocando o marcador a registar um injustíssimo 1-0.

O Pinguinzinho acusou o golo sofrido contra a corrente do jogo e teve dificuldades em voltar a pegar no jogo. Aos 27´, Né volta a aparecer em velocidade, com o cruzamento a sobrevoar a pequena área mas ninguém a conseguir emendar. O Vigor respondeu e, na sequência de um lance confuso na grande área, o avançado consegue rematar em zona de perigo mas Ian a fazer uma defesa difícil. Mesmo ao cair do pano no primeiro tempo, Fajardo cobra um livre sobre a direita e Francisco cabeceia sobre a barra, em mais um lance de perigo. Chega o intervalo com o marcador a registar 1-0.

No segundo tempo, a equipa do Pinguinzinho não entrou tão concentrada quanto devia e acabou por permitir o segundo golo, na sequência de um canto, do qual surge um remate de ressaca com a bola a entrar colocada e a estabelecer o 2-0, iam decorridos 41´.

Aos 43´, grande momento de Leandro que fica em excelente posição para reduzir mas não consegue fazer golo, cabendo depois ao Vigor tirar proveito do contra-ataque e atirar à barra. Aos 45´, erro grave da equipa de arbitragem que assinala mão na bola à entrada da área, num corte completamente limpo de Francisco, feito com o peito. Do livre, o Vigor aumenta para 3-0 com um remate forte e uma eficácia tremenda, acabando com a incerteza quanto ao vencedor da partida.

O Pinguinzinho nunca desisitiu e procurou até final reduzir a desvantagem. Né esteve perto de marcar aos 50´, depois de uma boa arrancada, com o remate a sair por cima. Aos 55´, Guti desmarcar Gonçalo que introduz a bola na baliza, mas vê o golo invalidado por fora-de-jogo. Aos 66´, grande momento de António com um remate fortíssimo e a bola a vir devolvida pelo poste. Na insistência, Fajardo recupera a bola e fica em boa posição, mas atira sobre a barra. Aos 69´, bom lande de Fajardo que atira um míssil de fora da grande área e a bola passa mesmo a rasar a barra.

O final do jogo chegou com o marcador a registar um expressivo 3-0, que não traduz aquilo que foi o desenvolvimento da partida e que premeia a grande eficácia da equipa da casa.

Dentro de 3 dias, derby distrital com a recepção ao Tondela, no feriado de 1 de Novembro.

 

Sub-17 | Camp. Distrital – Zona Sul | 2ª Jornada
AFD O Pinguinzinho 7-0 Estrela Mondego

Começo de campeonato com o pé-direito, com um resultado volumoso, frente a um adversário que tem qualidade, mas que apanhou a equipa da casa com vontade de mostrar que tem objectivos bem definidos para esta época.

Os primeiros 5 min foram divididos, até que a equipa da casa começou a pegar no jogo e a dominar a toda a largura. Aos 6´, Festas tem uma boa arrancada pela direita, mas perde o ângulo de remate. Aos 10´, Leo lança Festas que fica em boa posição mas este opta por entregar em Joel, com o passe a ser interceptado pela defesa.

Aos 13´, na sequência de um canto, David tenta o remate de ressaca na entrada da área, mas este sai fraco e é interceptado por Xico, que está isolado no coração da área, roda para a baliza e não perdoa, fazendo o 1-0.

Aos 15´, belo lance de David sobre a esquerda, com o cruzamento a encontrar Joel que penteia com classe mas a bola vem devolvida pelo poste, cabendo a Silva confirmar o 2-0, em esforço, na pequena área. Aos 19´, bom trabalho de Silva que tira 2 adversários do caminho e cruza com perigo, mas Festas e Joel não conseguem a emenda. Muito perigo!

O 3-0 chegou aos 22´, com um cruzamento milimétrico de Hugo e Festas, num movimento à ponta de lança, a cabecear sem hipóteses para o GR do Estrela. Que golo!Dois minutos volvidos e Festas fica completamente isolado mas tenta um chapéu que sai ao lado. Chega o intervalo com 3-0 no marcador e uma exibição muito sólida da equipa da casa.

No segundo tempo, com os 3 pontos já atribuídos, o jogo baixou um pouco de intensidade, mas continuou de sentido único. Aos 43´, Leo rouba a bola à defensiva adversária e quase faz golo. Aos 46´, Xico desmarca Festas que fica isolado e, desta feita, a não perdoar, fazendo o 4-0.

O quinto golo chegou aos 51´, com Festas a brilhar na entrada da área, tirando dois adversários do caminho e a atirar a contar, fechando o hattrick, em mais um grande golo. O 6-0 ficou a cargo de Silva que, desmarcado por Festas, não perdoou e fez o segundo da conta pessoal. Aos 63´ é Esteves quem trabalha bem e quase faz golo.

O marcador acabou por fechar nos 7-0, num lance que começa com um momento de magia de Bandeira, que consegue driblar 5 (!!) adversários num espaço muito curto e deixar em Silva que serve Hugo na entrada da área e este a atirar forte para o golo.

Exibição bem conseguida, com a atribuição dos 3 pontos a não sofrer qualquer contestação.

 

 

 

Deixe um Comentário