União de Leiria – Uma vitória de raiva

Em Terceira Liga por AdminComentários de 0

A chuva ameaçava o espectáculo entre as duas equipas separadas por dois pontos. De um lado, a equipa do Liz, a União de Leiria que nos últimos 3 jogos para o Campeonato apenas tinha feito um ponto contra o Gafanha, do outro, o Lusitano de Vildemoinhos com sete pontos no mesmo número de jogos, sendo que as últimas duas vitórias tinham sido por um golo de diferença.

O jogo começou morno, ambas as equipas a estudarem-se, os posicionamentos a encaixarem e a União a tomar conta do jogo, como habitualmente. Mas o espírito era diferente, os leirienses mostravam descontentamento pelos últimos resultados e partiram cedo à procura do golo. A dada altura apenas se jogava em meio campo, sendo que os defesas do União mais pareciam médios dado o adiantamento no terreno. A equipa circulava bem a bola, com inúmeras tabelas, tentando evitar os jogadores adversários, mas aparecia sempre algum para a dobra. Tornava-se difícil jogar com tanta gente em tão pouco espaço, a bola circundava a área do Lusitano, mas os remates saiam ao lado da baliza e os cruzamentos nas mãos do guarda-redes oponente. Pepo no final da 1ª parte ensaiou um remate perigoso mas que passou pouco acima da barra da baliza de Ruca. Estava dado o mote para o que viria na 2ª parte do jogo.

Os segundos 45 minutos só deram União, mas com uma diferença, a intensidade, a verticalidade, a rapidez de execução que tinha faltado na primeira metade era agora o factor diferencial. E que diferença fez, a equipa do Liz não descansou um minuto até marcar, e que grande golo de Pepo, da esquerda para o centro, chutou com toda a raiva de uma equipa que sabia da injustiça dos resultados dos últimos jogos. E festejou, com gritos de revolta interior, festejou com os adeptos e com a equipa toda. Estava feito o golo da vitória aos 70 minutos. O Lusitano de Vildemoinhos que até então se tinha limitado a defender o empate partiu para cima dos Unionistas mas era tarde demais, o meio campo estava preenchido e o jogo direto não iria resultar contra o quarteto defensivo do Liz.

União de Leiria 1

Wilson, Nailson, Pepo, Afonso, Kaká, João Vieira (Sérgio Duarte 85′), Adriano (Diaby 57′), Ernest (Leandro 66′), Maksim, Brigues e Tony.

Suplentes: Ricardo Campos, Anilton, Dénis e Kah.

Treinador: Rui Amorim

Lusitano FCV 0

Ruca, Calico, Paulo, Jaquité, Klysman, Helder (Edgar Lopes 80′), Pedro, Barros (Diogo Braz 72′), Assane, Silla (Fábio Machado 83′) e Calila.

Suplentes: Guilherme Maló, Sunday Akoh, Jota e Gui.

Treinador: Rogério Sousa

Golos: Pepo 70′

Disciplina: Brigues 39′ e João Vieira 84′; Calila 78′ e Assane 90′

Fonte: UD Leiria

Deixe um Comentário