Tondela 0-2 Benfica: Atrevimento quase foi recompensado

Em Futebol, Primeira Liga por Admin

Finalização foi o calcanhar de Aquiles do Tondela

O Tondela perdeu este sábado no arranque da nova época frente ao Benfica. Com o João Cardoso a rebentar pelas costuras, Lisandro e André Horta fizeram os golos das águas mas dos beirões a imagem que fica é de uma equipa que ainda tem muita margem de crescimento rumo a uma temporada tranquila.

Numa primeira parte que arrancou com um ritmo frenético, o golo poderia ter aparecido para ambos os lados, tendo o Tondela visto, por duas vezes, os seus homens ficarem na cara de Júlio César, mas sem sucesso. Do lado do Benfica, Cervi e Mitroglou tiveram o golo nos pés mas acabou por ser um central, Lisandro, que havia entrado para o lugar do lesionado Luisão, que na sequência de um livre da direita de Pizzi, fez de cabeça o 0-1. Resultado que acabou por se manter até ao intervalo.

A segunda parte voltou a mostrar um Tondela atrevido mas que não conseguiu entrar a entrada tão forte do inicio do encontro, tendo os encarnados dominado grande parte da etapa complementar não deixando, no entanto, de apanhar alguns sustos.

Com os nervos à flor da pele, Petit acabou expulso do banco e foi do topo do estádio que viu ainda Júlio Cesár tirar um golo certo a Crislan. Como no futebol quem não marca, sofre, André Horta fechou o resultado com um golo de bandeira, deixando o marcador a favor das águas por 0-2.

Numa grande noite de festa, a promessa foi comprida e o Tondela olhou nos olhos o tricampeão. Tal como afirmou Petit, a continuar assim, os auriverdes podem fazer uma época de excelência. A primeira resposta será dada na próxima ronda em Chaves.