Benfica e Sporting na final do Torneio Internacional de Viseu

In Andebol, Modalidades by Admin

Dérbi lisboeta amanhã na final no Cidade de Viseu

*Benfica e Sporting Clube de Portugal garantiram esta tarde a presença na XVIII edição do torneio Internacional de Andebol – Viseu 2016, ao derrotarem, respetivamente, o Checkovski Medvedi (34-27) e o F.C. Porto (27-24) . O jogo que colocou frente a frente as duas formações lusas foi o mais interessante, correspondendo às expectativas que passavam essencialmente por ver os dois novos planteis de ambas as formações.
Começou melhor o Sporting CP que, com grande facilidade, chegou ao 5-1, à passagem do minutos 7, forçando Ricardo Costa a solicitar o primeiro ‘time-out’ da partida. a formação do Porto não reagiu de imediato e o Sporting foi cavalgando para uma vantagem que passou para cinco golos (10-5), aos 17 minutos. Nessa altura o FC Porto reagiu e, em 11 minutos, fez um parcial de 2-7 que o levou ao empate a a 12 a dois minutos do fim. Situação de igualdade que os leões desfizeram até ao intervalo, indo para o descanso a vencer por 14-12.

No segundo tempo assistiu-se a uma melhor entrada do Sporting, que ampliou para 18-14 (41 m.) e o F.C. Porto que, como salientou o seu treinador no final da partida, vem de uma sequência intensa de jogos, mostrou dificuldades em responder à maior intensidade imposta pelo Sporting e teve de correr sempre atrás do resultado. Ricardo Costa ainda solicitou um ‘time-out’ aos 48 minutos, quando a sua equipa perdia por 20-16, mas até final, apenas encurtou a desvantagem em um golo, perdendo por 27-24.

BENFICA ULTRAPASSA RUSSOS

No primeiro jogo da tarde, o SL Benfica não teve especiais dificuldades em ultrapassar os russos do Checkovski Medvedi, numa partid aque os encarnados dominaram desde os minutos iniciais. Cedo os portugueses conseguiram uma vantagem confortável, passando aos 18 minutos com quatro golos de vantagem (11-7). Ao intervalo, a vantagem lusa era de seis golos (20-14), o que permitiu a que Mariano Ortega gerir muito bem todo o plantel durante o segundo tempo, dando tempo de jogo a todos os jogadores disponíveis. Triunfo natural (34-27) da equipa que mostrou mais argumentos durante os 60 minutos.

Belone Moreira, Stefan Terzic e Uelington da Silva foram os melhores marcadores do SL Benfica, com cinco golos cada.

*com Federação Portuguesa de Andebol