Bodysurf – Tiago Marques triunfa na Vagueira

In Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

 

Decorreu hoje na praia do Labrego, na Vagueira a 3ª etapa do Campeonato Nacional de
Bodysurf Open e Júnior, com ondas com metro e boas condições.
A primeira ronda viu os atletas do topo da tabela a dominar as suas baterias, Miguel Rocha,
Rodrigo Carrajola mostraram porque é que são o primeiro e segundo do ranking. Mas foi
mesmo Tiago Marques que se destacou na sua bateria e deixou claro que vinha para a
Vagueira para mostrar que a sua final na etapa anterior não tinha sido um acaso.
Com o decorrer do dia as ondas foram perdendo qualidade com a maré mais vazia e ditaram
que após os quartos de final a organização tenha decido parar a prova até às 14:00 quando a
maré estaria mais favorável.
Mas foi apenas às 15:00 ainda com a maré ligeiramente vazia que a prova recomeçou com as
meias finais Open.

A prova júnior da Vagueira fica na história do Bodysurf em Portugal porque teve pela primeira
vez uma atleta feminina, Jéssica Pinto, atleta da Associação Surf Social Wave, marcou a sua
presença tendo ficando em 4º lugar. Mas foi Jaime Bonito que ganhou a final júnior. Em
segundo lugar ficou o local Tiago Mesquita ainda campeão nacional em título, tendo Filipe Sá
Leal assegurado o 3º lugar.

Na prova open a final foi dominada por Tiago Marques que garantiu desde cedo a liderança na
prova, seguido desde perto por Rodrigo Carrajola que fez uma série de ondas na casa dos 7
pontos, mas nunca conseguiu chegar à liderança. Jaime Bonito, porventura desgastado de
duas finais seguidas manteve o 3º lugar quase até ao fim da final. Mas foi Miguel Rocha, que
esteve desencontrado com o mar, que acabou por fazer a melhor onda da final, quando já nos
últimos cinco minutos arrancou para a esquerda tendo encaixado um tubo que finalizou com
uma saída na junção e lhe valeu um 9.17 e o levou para a 3ª posição, relegando Jaime Bonito
para 4º lugar.

 

Em 2019 o Campeonato Nacional de Bodysurf terá duas categorias, Open e Júnior e cinco
etapas distribuídas entre abril e outubro entre a região de Lisboa e a região de Vagos,
mantendo a lógica de ter um período de espera de dois dias permitindo à organização escolher
o melhor, o que acontecerá na quarta-feira anterior de modo a garantir as melhores condições
para os atletas.
O Calendário é:
1. Peniche Pro – 27 de abril – Peniche
2. Cascais Pro –12 de maio – Cascais
3. Vagueira Pro – 8 – Praia da Vagueira – Vagos
4. Ocean Spirit Pro – 20 ou 21 de julho – Sta Cruz – Torres Vedras
5. Caparica Pro – 5 ou 6 de Outubro – Costa da Caparica – Almada

 

As inscrições para as restantes etapas estão abertas em www.bodysurfportugal.com

A Associação Surf Social Wave é uma associação sem fins lucrativos que atua na área do surf,
contribuindo através da prática deste desporto e de todas as valias que o mesmo traz, quer do
ponto de vista da capacitação física, quer do ponto de vista da aquisição de competências,
para a melhoria de vida de três segmentos da sociedade em situação de exclusão social ou em
risco de exclusão. Este é um projeto estruturante e estruturado, que está alavancado nos
principais parceiros do surf em Portugal e conta com parceiros institucionais.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.