Caso Rio Ave: Sindicato dos jogadores exige investigação célere

In Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

Lembra que é necessário ter “respeito pelo segredo de justiça e pelo princípio da presunção de inocência”.

O sindicato dos jogadores de futebol profissional (SJFP) espera que o caso do alegado envolvimento de jogadores do Rio Ave na manipulação de resultados “seja investigado e tratado com celeridade pelas autoridades competentes”.

Em comunicado divulgado pela rede social Facebook, o sindicato reage assim à notícia avançada pela SIC que deu conta do alegado envolvimento de quatro jogadores do Rio Ave, cujos nomes não foram divulgados pela reportagem, na manipulação do resultado de um jogo contra o Feirense na época passada.

O SJFP diz estar também “atento ao impacto negativo que representa para os jogadores e para a instituição desportiva que representam, bem como para o futebol português” este caso.

“O fenómeno da manipulação de resultados e a ameaça que representa para a integridade das competições, no caso da Liga NOS, a imagem do futebol português e a carreira dos jogadores alegadamente envolvidos exige, em respeito pelo segredo de justiça e pelo princípio da presunção de inocência, um tratamento cuidadoso pelas instâncias que aplicam a justiça criminal e desportiva”, acrescenta o comunicado.

O sindicato lembra que “aos agentes desportivos não cabe especular ou interferir no processo investigatório, mas antes unir esforços para informar, sensibilizar e proteger o futebol destas práticas”.

No entanto, o comunicado do SJFP acrescenta que “existem factores de risco que potenciam as abordagens a jogadores para manipular resultados, entre os quais o incumprimento salarial”.

Fonte:

Rádio Renascença, Foto: Manuel de Almeida/Lusa

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.