Daniel Freitas assegura o primeiro pódio da temporada para a Miranda-Mortágua

In Ciclismo, Ciclismo de Estrada, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

 

 

 

O Troféu “O Jogo” terminou hoje com a segunda etapa corrida em Vieira do Minho. Num circuito citadino, de 100 quilómetros, a equipa partiu com agressividade e Daniel Freitas assegurou o primeiro pódio da equipa em 2019, sendo o mais combativo do dia.

Partíamos com o objetivo de atacar a Classificação da Montanha com Jesús Nanclares que esteve na fuga e na luta pelas montanhas, porém ficou a um ponto do vencedor na 2° posição. De realçar um grande trabalho de toda a equipa na ajuda a Jesús Nanclares de onde se louva o esforço e união entre todos para a conquista de um objetivo.

A corrida continuava a ser muito atacada e num grupo restrito contávamos com três ciclistas, Sérgio Vega, Hugo Sancho e Gaspar Gonçalves. Este último, o nosso melhor ciclista na classificação Geral tentou a sua sorte já dentro da última volta, chegou a andar isolado, mas foi alcançado já nos últimos quilómetros. Um grande esforço e iniciativa, o que ainda permitiram no final com que mantivesse o seu 8o lugar na Classificação Geral.

Daniel Freitas que esteve sempre ao ataque no dia de hoje acabou por ser recompensado com o Prémio da Combatividade, assegurando assim o primeiro pódio da temporada da equipa. Daniel foi um dos elementos essenciais na ajuda a Jesús Nanclares e mostrou uma atitude muito atacante neste etapa.

Dia muito positivo para a equipa, onde o coletivo se tornou a destacar. A Miranda- Mortágua foi a 3a melhor equipa na etapa e terminou na 4a posição na Classificação Geral por Equipas. Pedro Silva no final, satisfeito, afirmava que “hoje a equipa esteve muito atacante desde o início, tentámos com o Jesús Nanclares o ataque à Classificação da Montanha mas infelizmente ficámos a um ponto de levar a camisola para casa. Ainda assim, com o Daniel estivemos sempre representados na frente da corrida e no final com o Gaspar tentámos provocar uma pequena surpresa. O coletivo está de parabéns, sem dúvida que a moral da equipa está em alta no fim de finalmente termos conseguido subir ao pódio.”

Classificação Etapa Vieira do Minho – Vieira do Minho: 100 Kms 1.o Jóni Brandão (Efapel), 2h24m22s 16.o Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 21s 17.o Sergio Vega (Miranda-Mortágua), mt 20.o Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), a 26s 33.o Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 2m33s 40.o Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), a 2m50s ,54.o Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 5m54s DNF Pedro Pinto (Miranda-Mortágua)

Classificação por Equipas na Etapa

1.o Efapel, 7h13m42s

3.o Miranda-Mortágua, a 32s

Classificação Geral

1.o Luís Mendonça (RP/Boavista), 5h48m54s

8.o Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 1m05s

13.o Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), a 1m29s

26.o Sergio Vega (Miranda-Mortágua), a 4m07s

29.o Ivo Pinheiro(Miranda-Mortágua), a 5m37s

34.o Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 6m52s

46.o Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 10m28s

 

Classificação Montanha

1.o Paulo Silva (Fortunna/Maia), 14 pts

2.o Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), 13 pts

 

Classificação Geral por Equipas

1.o Efapel, 17h29m03s

4.o Miranda-Mortágua, a 3m21s

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.