Encontro Nacional de Tricicleta: APCC presente no arranque da nova época

In Desporto Adaptado by RedaçãoDeixe um comentário

Encontro Nacional decorreu no Estádio Cidade de Coimbra

APCC PRESENTE NO ARRANQUE DA NOVA ÉPOCA DA TRICICLETA

Sandra Semedo, João Vaz e António Camacho foram os triciclistas da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC) que participaram no IV Encontro Nacional de Tricicleta, que ontem (23 de novembro) se realizou na pista do Estádio Cidade de Coimbra.

Tratou-se de um primeiro encontro dos praticantes desta modalidade na época desportiva 2017/2018 e estiveram presentes ainda atletas da Associação do Porto de Paralisia Cerebral e do Centro de Apoio a Deficientes João Paulo II. Permitiu avaliar o momento de forma de cada um, mas, sobretudo, ter um momento de convívio e de festa da tricicleta.

Recorde-se que Sandra Semedo é o grande nome da modalidade em Portugal no momento, sendo a atual campeã nacional de todas as distâncias da classe RR2 e contando com um total de cinco medalhas já conquistadas em Campeonatos do Mundo (é campeã mundial dos 400 metros). Também João Vaz tem já um currículo respeitável, sendo o detentor do título RR1 dos 100 metros, enquanto que António Sequeira continua a dar sinais de claro desenvolvimento, ele que se estreou apenas o ano passado.

Particularmente atenta às diversas corridas realizadas esteve Ana Nunes, treinadora da APCC e selecionadora nacional de tricicleta, já a pensar nas convocatórias para as próximas provas no estrangeiro. Uma decisão que passará ainda pelo Campeonato Nacional, a disputar no próximo ano.

Encontro Nacional de Tricicleta é uma prova complementar do calendário nacional e tem como objetivo promover a tricicleta e conseguir captar um número de atletas mais elevado. Realizou-se sempre em Coimbra e esta foi a sua quarta edição, numa organização da PCAND – Paralisia Cerebral Associação Nacional de Desporto, com a colaboração da APCC e da Câmara Municipal de Coimbra.

A tricicleta é uma modalidade desportiva mista, realizada em pistas de atletismo e destinada exclusivamente a pessoas com paralisia cerebral. Na APCC, começou a ser praticada há cerca de duas décadas, tendo sido retomada em 2013 com empenho e entusiasmo acrescidos e com ótimos resultados.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.