Banho de água fria na Joker Lap

In Desporto Motorizado, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

Naquele que poderia ser quase um troféu ibérico, Lousada abriu as hostilidades do Campeonato de Portugal de Kartcross – 2019, com uma armada de pilotos espanhóis a juntarem-se à nata do kartcross nacional. Num leque tão vasto de pilotos e equipas, quem não passou despercebido, foi o piloto da NelaSport, o nelense Alexandre Borges, que teve um fim de semana quase perfeito, face à sua regularidade ao longo das três corridas de qualificação e domínio quase perfeito na final, mas que teve um desfecho inglório na última volta, onde seguia destacado em primeiro lugar, mas que na passagem pela Joker Lap, viu o seu Semog ficar literalmente atolado na lama, em resultado do dilúvio que se fez sentir ao longo da tarde de domingo.

“Foi uma prova com um misto de emoções muito forte. Estava bastante motivado e determinado em lutar por um bom resultado, nesta prova de abertura do campeonato. Mesmo com condições climatéricas adversas ao longo do fim de semana, consegui nas três corridas de qualificação, terminar sempre a minha série, em segundo lugar, o que me permitiu conquistar a pole position para a final. Na derradeira e mais importante corrida, a final, e com o piso bastante degradado, após as finais do ralicross, consegui segurar a liderança desde a primeira volta e paulatinamente fui ganhando terreno para o segundo classificado, deixando a passagem obrigatória pela Joker Lap, para a última volta.

Apesar das adversidades do estado do piso, tudo estava a ser perfeito, até que chegou a última volta e entro para a Joker Lap, sem arriscar, visto que tinha uma boa margem para o meu perseguidor mais direto, mas a quantidade de lama era de tal forma grande, que foi impossível controlar o kartcross e fiquei completamente atolado na lama. Foi um balde de água fria, não queria acreditar no que tinha acabado de acontecer, mas as corridas são assim, até à bandeira de xadrez, tudo pode acontecer”, desabafa com um natural ar de desalento, Alexandre Borges. “Um agradecimento muito especial a todos os meus patrocinadores, equipa e amigos, que foram incansáveis ao longo deste fim de semana. Agora é tempo de pensar já na próxima prova, agendada para os dias 11 e 12 de maio, em Castelo Branco”.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.