Filipe Albuquerque e João Barbosa vencem 24 horas de Daytona

In Desporto Motorizado by AdminDeixe um comentário

Álvaro parente foi segundo na categoria GTD.

Filipe de Albuquerque e João Barbosa venceram o 24 horas de Daytona. A dupla de pilotos portugueses foi acompanhada por Christian Fittipaldi que era o terceiro condutor do Mustang Cadillac que venceu a primeira prova da temporada do campeonato norte-americano de condução de resistência.

O trio da Mustang Sampling Racing bateu um novo recorde ao completarem 808 voltas ao circuito, um registo melhor do que as 762 que estavam registadas nos anais da prova.

Num prova emocionante, o carro dos pilotos portugueses chegou a estar oito voltas atrás dos lideres quando a corrida ia na marca das oito horas, mas Filipe de Albuquerque e João Barbosa deram a volta para conquistar o triunfo numa parte final que fica marcada pela corrida a dois entre a Mustang Sampling Racing, equipa dos portugueses, e a de Team Penske. Na época passada, a equipa tinha ficado no segundo lugar da prova de Daytona.

Antes do arranque da corrida, os portugueses, que fazem equipa com outro piloto brasileiro tinham registado o terceiro melhor tempo, com 1.36,194 minutos, a menos de um centésimo de segundo da ‘pole position’. Para Albuquerque trata-se da primeira vitória em Daytona, Florida, enquanto Barbosa e Fittipaldi repetem o triunfo alcançado em 2014, então na companhia do francês Sebástien Bourdais.

João Barbosa, piloto radicado nos Estados Unidos, tem uma primeira vitória em 2010, juntamente com o norte-americano Terry Borcheller, o britânico Ryan Dalziel e o alemão Mike Rockenfeller.

Durante 24 horas, 50 carros estiveram em prova numa corrida que durou o fim de semana inteiro. Estiveram cinco portugueses em prova. Para além de Filipe de Albuquerque e João Barbosa, António Félix da Costa, João Barbosa, Pedro Lamy e Álvaro Parente também correram em Daytona.

Álvaro Parente, na categoria GTD, ficou no segundo lugar da sua prova na estreia. O piloto luso conduziu um Acura.Nesta categoria, a vitória foi para a equipa composta por Mirko Bortolotti, Franck Perera, Rolf Ineichen and Rik Breukers ao volante de um Lamborghini Huracan GT3.

António Felix da Costa no seu Oreca LMP2 terminou no quinto lugar da geral. Já Pedro Lamy, a correr num Ferrari, teve problemas.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.