Inesquecível: João Sousa derrota Zverev e alcança uma das melhores vitórias do ténis português

In Ténis by RedaçãoDeixe um comentário

Foi uma madrugada perfeita para o ténis português a que se viveu esta segunda-feira. João Sousa (85.º) voltou a ser protagonista como tantas outra vezes, ao somar em Indian Wells uma das melhores vitórias da história do ténis português e garantir assim o apuramento para a terceira ronda.

O tenista vimaranense partia para o encontro da segunda ronda com o estatuto de não favorito, visto ter pela frente uma das maiores certezas do futuro do ténis mundial, o alemão Alexander Zverev (5.º), tenista que encontrava num torneio pela segunda vez na carreira.

A jogar pela 29.ª vez frente a um tenista do top 10, o jogador 28 anos alcançou a terceira vitória contra um jogador com este estatuto, ao vencer por 7-5, 5-7 e 6-4 numa noite em que se exibiu ao seu melhor nível, proporcionando a maior surpresa do torneio até ao momento no quadro masculino.

O encontro ficou marcado por duas grandes recuperações por parte do tenista luso nos parciais vencidos. No primeiro set João Sousa recuperou de uma desvantagem de 5-2 e no terceiro e decisivo parcial inverteu um resultado de 4-1 para poder finalmente festejar.

Em termos de ranking, a vitória desta segunda-feira é a segunda melhor de sempre por parte de um tenista masculino português, superada apenas pelo triunfo alcançado pelo próprio João Sousa em Kuala Lumpur frente a David Ferrer, na altura número quatro do mundo.

Garantido o apuramento para a terceira ronda, João Sousa regressa provisoriamente ao top 80 mundial e vai desafiar o gigante canadiano Milos Raonic (38.º) por um inédito lugar nos oitavos de final do denominado muitas vezes como o quinto Grand Slam da temporada.

Esta será a quarta vez que os dois tenistas se encontram, sendo que foi sempre o mais cotado dos dois a vencer nas anteriores partidas.

 

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.