EFAPEL na fuga do dia até aos últimos quilómetros da chegada a Tavira

In Ciclismo, Ciclismo de Estrada, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

No dia em que se realizou a 4.ª Etapa da Volta ao Algarve, que ligou hoje Albufeira a Tavira ao longo de 198,3 km, Nikolay Mihaylov entrou na fuga do dia logo ao quilómetro 9 para não mais sair da frente da corrida, até aos derradeiros 20 km da linha da meta. Rafael Silva teve também uma excelente prestação, ao terminar a prova na 27.ª posição, assumindo-se cada vez mais como o sprinter da equipa.
Seria o holandês Dylan Groenewegen (Team Jumbo-Visma), que ao sprintar de longe repetiu pelo segundo ano consecutivo o triunfo em Tavira. Mas a Camisola Amarela mantém-se com o esloveno Tadej Pogačar (UAE Team Emirates).
A etapa de hoje foi animada por cinco homens, que pouco depois da partida se lançaram na frente da corrida. O búlgaro Nikolay Mihaylov, campeão nacional de estrada, foi um deles, cruzando a Meta Volante de Loulé, ao sprint, na 3.ª posição e de seguida, ao quilómetro 131,9, seria de novo o 3.º a passar nova Meta Volante, desta vez em Alcoutim.
Na terceira Meta Volante do dia, a 29 km do final da etapa, foi Niki o primeiro a passar, seguindo em fuga, desta vez em dupla com Oscar Pelegri (Vito-Feirense-PNB). Mas a aventura acabou com o ataque do pelotão, quando faltavam apenas 20 km para a chegada, numa luta árdua pelo posicionamento, para colocar os sprinters e proporcionar um excelente espetáculo aos milhares de pessoas que estiveram na Avenida Zeca Afonso, em Tavira, à espera dos corredores.
O diretor desportivo da EFAPEL, Américo Silva, salientou que a equipa acabou por conseguir concretizar “o que tínhamos planeado, e ainda tivemos o Rafael Silva a assumir a liderança enquanto sprinter desta equipa, estando a criar um novo entrosamento entre todos os colegas que lhe realizam o trabalho de colocação para o sprint. Este foi, sem dúvida, mais um dos aspectos positivos da etapa de hoje”.
A Volta ao Algarve termina amanhã com o quinto dia de corrida, uma viagem com 173,5 km, partindo a caravana de Faro, às 12.30 horas, para terminar no Alto do Malhão, Loulé, cerca das 17 horas. Será a segunda chegada em alto da prova, à mítica montanha do ciclismo português, que vai coincidir com a linha da meta. Um espetáculo a não perder!

CLASSIFICAÇÕES:

CLASSIFICAÇÃO ETAPA
4.ª Etapa: Albufeira – Tavira, 198,3 km
1.º Dylan Groenewegen (Team Jumbo-Visma), 04h56m07s
27.º Rafael Silva (EFAPEL), a 00m07s
45.º Antonio Angulo (EFAPEL), mt
120.º Pedro Paulinho (EFAPEL), mt
130.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), mt
137.º Bruno Silva (EFAPEL), mt
147.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 01m21s

CLASSIFICAÇÃO GERAL – AMARELA
1.º Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), 15h12m28s
45.º Rafael Silva (EFAPEL), a 10m30s
69.º Antonio Angulo (EFAPEL), a 16m41s
126.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 28m16s
130.º Bruno Silva (EFAPEL), a 28m46s
141.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 30m54s
156.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 40m10s

CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.º SUN – TEAM SUNWEB (GER), 45h40m27s
19.º EFAPEL, a 36m38s

 

FOTO: UVC – Federação Portuguesa de Ciclismo
Fonte:

Efapel

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.