EFAPEL voltou a destacar-se na 2.ª Etapa da Algarvia

In Ciclismo, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

Esta quinta-feira, dia 21, a 45.ª Volta ao Algarve chegou ao ponto mais alto do sul, a Fóia, onde imperou o vento forte e gelado. A Equipa Profissional de Ciclismo EFAPEL voltou a destacar-se ao longo desta segunda etapa, ao colocar no grupo de seis fugitivos Bruno Silva, que se isolou do pelotão 2 km logo após a partida, em Almodôvar. O esloveno Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) foi quem triunfou hoje na Algarvia, sendo o novo líder da Geral.
Hoje o corredor da EFAPEL Bruno Silva manteve-se sempre na dianteira da corrida até aos últimos 47 km do final da prova, onde o ataque de Dmitrii Strakhov (Team Katusha Alpecin) e de Riccardo Zoidl (CCC Team) deixou para trás o sexteto inicial.
Ainda assim Bruno Silva foi o primeiro a cruzar a Meta Volante ao Sprint, em Almodôvar, e o segundo no Prémio de Montanha de 3.ª categoria (Cavalos).
Tal como referiu ontem Américo Silva, diretor desportivo da EFAPEL, “o nosso objetivo era tentar repetir o que fizemos na primeira etapa. Colocámos o Bruno Silva na fuga do dia, ganhámos de novo a primeira Meta Volante e fizemos segundo na primeira Montanha da etapa”.
O melhor corredor da EFAPEL na etapa foi Rafael Silva, que terminou a corrida na 50.ª posição, o que o levou a subir para o 45.º lugar da Classificação Geral. Contudo, Américo Silva ressalvou que “a Geral Individual não está a ser o nosso principal objetivo. O dia-a-dia, sim, ao assumirmo-nos como protagonistas nas etapas, tendo em conta o pelotão que está presente nesta Volta ao Algarve”, rematou o dirigente. Américo Silva faz um “balanço positivo” destes primeiros dois dias de competição, ao lembrar que “juntando tudo, o cansaço que já vem da Colômbia para alguns, no cômputo geral o comportamento de todos é muito positivo”.
De destacar que a EFAPEL, na Geral por Equipas, também subiu da 20.ª para a 17.ª posição esta quinta-feira.
Para amanhã a 45.ª Volta ao Algarve reserva um contrarrelógio individual de 20,3 km, em Lagoa. “Vamos aproveitar para de uma certa forma ir aperfeiçoando o contrarrelógio, tenda já em vista as próximas competições, porque não estamos a discutir a Geral Individual. Vamos fazer o nosso melhor, mas esta sexta-feira vai ser uma etapa de transição para nós”, concluiu Américo Silva.
CLASSIFICAÇÕES:
CLASSIFICAÇÃO ETAPA
2.ª Etapa: Almodôvar – Fóia, 187,4 km
1.º Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), 04h58m25s
50.º Rafael Silva (EFAPEL), a 06m09s
68.º Antonio Angulo (EFAPEL), a 09m44s
77.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 11m46s
157.º Bruno Silva (EFAPEL), a 23m42s
158.º Niki Mihaylov (EFAPEL), mt
160.º Pedro Paulinho (EFAPEL), mt
161.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), mt
CLASSIFICAÇÃO GERAL – AMARELA
1.º Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), 09h51m24s
45.º Rafael Silva (EFAPEL), a 07m57s
68.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 13m34s
70.º Antonio Angulo (EFAPEL), a 13m55s
134.º Bruno Silva (EFAPEL), a 25m17s
135.º Niki Mihaylov (EFAPEL), mt
150.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 27m53s
164.º Pedro Paulinho (EFAPEL), a 36m51s
CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.º UAE Team Emirates (UAE), 29h35m58s
17.º EFAPEL, a 30m51s

 

Foto-UVP – Federação Portuguesa de Ciclismo

Fonte:

EFAPEL

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.