Torneio ERMA – Construtora

In Golfe by Álvaro Manuel MarrecoDeixe um comentário

É pelo 5º ano consecutivo que o Fernando Duarte, um português de Pedaçães (Mourisca do Vouga) que há 31 anos emigrou para a Suíça e aí fundou esta empresa de construções ERMA, contando presentemente com três dezenas de funcionários (portugueses, espanhóis e sul americanos). Na edição deste ano participaram 48 jogadores num shotgun, o que para os 9 buracos da Curia é obra, mas como tínhamos 2 bares de campo os tempos de espera nem se fizeram notar. O Fernando que é um amante da modalidade, é membro do clube Bossey (França) onde joga com regularidade, pensou esta edição até ao mínimo pormenor, desde os 2 espetaculares bares de campo onde não faltava o presunto, salgados, bolos e as bebidas frescas, ao almoço onde tivemos desde o caldo verde, passando pelas sardinhas assadas e leitão (ou não estivessemos na bairrada), até à abundante tômbola que contemplou grande parte dos presentes. O protagonista principal da prova foi o António Moita pois não deu quaisquer hipóteses à concorrência, vencendo claramente em as duas tabelas. Na abonada, foi o único a derrotar o percurso com 40 pontos. Seguiram,se, o Jorge Silva, Austin O’Malley e Maria Soares com 36 e Reinaldo Timóteo, António Matos e José Rodrigues 35. Na vertente pura do golfe, o Moita obteve 33 pontos, deixando o Reinaldo Timóteo a 4 pontos, Aires Torres a 5, António Matos a 6 e Artur Santos a 9. A Maria Soares ganhou o nearest e o Marco Rosmaninho obteve a pancada mais longa. Segundo o Fernando Duarte, a 6ª edição vai ainda ser um êxito maior, pois prometeu muitas surpresas.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.