Jesús Nanclares extremamente combativo e novamente na fuga do dia

In Ciclismo, Ciclismo de Estrada, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

 

A Equipa Continental UCI Miranda-Mortágua cumpriu hoje a 4ª Etapa desta Volta ao
Algarve, ligação de 198,3 quilómetros entre Albufeira e Tavira que terminou ao sprint e
foi vencida por Dylan Groenewegen (Team Jumbo – Visma).
Era objetivo da equipa colocar homens na frente da corrida, tática essa que foi cumprida
à risca pelos homens da Miranda-Mortágua. Ao quilómetro 4 de corrida, isolavam-se na
frente da corrida cinco corredores, onde entre eles estava presente Jesús Nanclares, ele
que já tinha estado em destaque na 2ª Etapa ao estar também na fuga do dia.
Grupo este que rolou na frente da corrida durante largos quilómetros, teve uma
vantagem máxima de 6m25s e onde Jesús Nanclares aproveitou para conquistar alguns
pontos para a classificação da Montanha ao ser o terceiro a passar no Alto do Barranco
do Velho. Jesús Nanclares esteve na frente da corrida durante 145 quilómetros, muita
combatividade demonstrada pelo nosso ciclista espanhol de 25 anos. No final afirmava
que “segundo dia de fuga nesta competição, senti hoje algum desgaste dos dias
anteriores mas estou muito contente por ter sido protagonista e mostrar as nossas cores
na frente da corrida.” Recorde-se que Jesús Nanclares com esta prestação, apresenta já
quase 300 quilómetros de escapada nesta edição da Volta ao Algarve.
No final, Daniel Freitas era aposta para o sprint e esteve mais uma vez na luta,
terminando na 33ª posição. Daniel após cortar a linha de meta, afirmava que “num
momento estamos na frente e no momento a seguir já perdemos muitas posições.
Entrei muito bem nos últimos 3 quilómetros, mas depois perdi a posição e não mais
consegui recuperar.”
A Volta ao Algarve termina neste domingo com a quinta etapa, uma ligação de 173,5
quilómetros, que começa em Faro, às 12h30, e termina no alto do Malhão, concelho
de Loulé, cerca das 17h00, na segunda ascensão àquela mítica montanha do ciclismo
português.
Classificação Etapa
Albufeira – Tavira, 198,3 km
1.º Dylan Groenewegen (Team Jumbo – Visma), 4h56m08s
33.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 7s
67.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), mt
68.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua), mt
106.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), mt
126.º Sergio Vega (Miranda-Mortágua), mt
PRESS RELEASE
Velo Clube do Centro, Av. Dr. José Assis e Santos, 75D, 3450-123 Mortágua
Tlm: 918754986 – 911952447 | Tlf: 231921740 | @: [email protected]
www.miranda-mortagua.com
151.º Tiago Leal (Miranda-Mortágua), a 1m56s
158.º Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua) a 13m38s
Classificação Geral
1.º Tadej Podacar (UAE Emirates), 15h12m28s
81.º Sergio Vega (Miranda-Mortágua) a 21m14s
98.º Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua) a 24m30s
104.º Ivo Pinheiro (Miranda-Mortágua) a 24m49s
105.º Hugo Sancho (Miranda-Mortágua) a 24m56s
119.º Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 26m59s
149.º Tiago Leal (Miranda-Mortágua), a 33m42s
158.º Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua) a 44m02s
Classificação por Equipas na Etapa
1.º Bora – Hansgrohe, 14h28m21s
20.º Miranda-Mortágua, a 21s

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.