FPN e Universidade de Coimbra assinaram memorando de entendimento

In Natação by RedaçãoO comentário de 1

A Federação Portuguesa de Natação (FPN) assinou esta terça-feira um Memorando de Entendimento com a Universidade de Coimbra (UC). A cerimónia teve lugar às 12h30, na Sala do Senado. O conhecimento científico aliado às necessidades práticas dos atletas de alta competição são os pontos fortes do protocolo.

O presidente da Federação Portuguesa de Natação assumiu como “um privilégio” assinar o protocolo, “o primeiro com uma visão estratégica” para a natação. António José Silva espera que “a partir do próximo ano, a abrangência do protocolo consiga enquadrar mais nadadores, e permita assim representar Portugal – e a Universidade – nos palcos internacionais”. O responsável federativo deixou ainda o desafio à UC de, depois da organização dos European University Games – EUG 2018, que têm lugar em julho, em Coimbra, “sermos também pioneiros na organização do primeiro campeonato universitário da europa de natação em 2019, porque temos as condições para o fazer”.

Para o reitor da Universidade de Coimbra (UC), João Gabriel Silva, “o que se espera de uma universidade com muitos séculos é que seja pioneira”. A Universidade de Coimbra (UC) foi a primeira universidade pública a assinar memorandos de entendimento com as Federações Portuguesas de Natação e Ciclismo. O objetivo é implementar um projeto de desenvolvimento desportivo na área do desporto universitário, na vertente do alto rendimento.

O reitor da UC frisou: “Temos seguido uma estratégia de desenvolvimento desportivo, procurando contribuir para que os atletas nacionais alcancem o sucesso. Até porque, quanto maior for esse sucesso, maior é o impulso para a prática desportiva generalizada. O nosso trabalho pretende também colocar a Universidade de Coimbra como primeira opção para alguém que pense numa carreira dual – conjugação do alto rendimento com carreira académica.”

Os memorandos têm “duas vertentes fundamentais”, revela o reitor da UC. Por um lado, João Gabriel Silva vê como essencial direcionar o “trabalho científico às necessidades práticas dos atletas de alta competição destas duas modalidades, da natação e do ciclismo”. “O treino de alta competição está cada vez mais dependente de conhecimento muito profundo sobre o comportamento dos próprios atletas, ritmos de treino e tudo isso. Nós, através da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física e não só, vamos contribuir para o fazer. Uma questão de investigação científica e de suporte ao rendimento elevado”, acrescenta.

Por outro lado, o reitor da UC considera que é importante “acolher aqui na Universidade estudantes que sejam simultaneamente atletas de alto desempenho, das duas modalidades, e que possam beneficiar dos dois mundos, do conhecimento científico e fazer aqui a carreira desportiva e académica”.

Estas parcerias vão permitir a implementação de um projeto de desenvolvimento desportivo na área universitária, na vertente do alto rendimento, e a criação de mecanismos de logística para apoio aos estudantes atletas de alto rendimento, através da utilização das residências universitárias, adequando o funcionamento e infraestruturas existentes às necessidades dos atletas.

A cooperação estabelece igualmente a disponibilização de cuidados de saúde diferenciados e acompanhamento técnico-científico, bem como a promoção de trabalhos de investigação no âmbito do alto rendimento que envolvam as várias áreas do conhecimento da Universidade de Coimbra.

Os memorandos foram assinados pelo reitor da UC, João Gabriel Silva, pelo presidente pelo presidente da Federação Portuguesa de Natação, António José Silva e pelo presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira. Presentes estiveram ainda Mário Santos, António Figueiredo, Amílcar Falcão e Luís Menezes.

Comentários

  1. Pingback: FPC assina Memorando de Entendimento com Universidade de Coimbra | DSport

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.