Iscos: Ralos um isco de eleição

Em Pesca por AdminDeixe um comentário

CADA RALO É UM PEIXE!

    

O Squilla Mantis é uma espécie de “camarão mantis” encontrado em zonas litorais rasas do Mar Mediterrâneo e do Oceano Atlântico, também é conhecido como “Ralos”, estes crustáceos de reduzidas dimensões podem crescer até 4 a 5 centímetros de comprimento.

Os Ralos (Squilla Mantis) escavam tuneis em fundos lamacentos e arenosos junto á costa e são particularmente abundantes onde há ligação entre os rios com o mar (em Portugal é muito comum no Algarve e no Litoral Alentejano), permanecem nos seus tuneis durante o dia e saem à noite para caçar e no inverno para acasalar. A sua morfologia, tem algumas semelhanças com a lagosta ou lagostins, mas os seus hábitos nada têm a ver com os anteriores, na realidade, o Ralo é um feroz predador arenícola que vive em túneis que lhe servem de guarda e posto de caça, aproximando-se das suas presas e colocando-se à distância certa, apanha-as com as suas tenazes para devorá-las ao seu belo prazer dentro do túnel que faz de casa.

O Ralo é ideal para quase todos os tipos de pesca de mar, sendo mais usado na pesca à boia, chumbadinha e Surfcasting ligeiro onde os lançamentos sejam suaves devido à fragilidade do Ralo, é usado na pesca de quase todas as espécies de peixes em especial à Dourada, Sargos e Robalos, é muito fácil de iscar, as suas tenazes são brandas e inofensivas.

É um isco vivo de eleição que tem uma alta procura por parte dos amantes da pesca lúdica e desportiva, é vendido à unidade nas casas de pesca desportiva geralmente em doses de 25 unidades ou 50 unidades, a sua conservação não é fácil e duradoura, sendo pratica comum a sua utilização poucas horas depois da apanha ou compra.

É possível apanhar Ralos utilizando como técnica um tubo de vácuo, que se coloca sobre a boca do túnel onde vive, para “puxar” o Ralo para fora de seu túnel e assim o poder capturar, o mais simples, porém, será comprá-los.

 

Como apanhar Ralos

Como conservar Ralos

Durante a jornada de Pesca:

Em casa no frio:

Como iscar Ralos

Os ralos são uma isca frágil e que não dura muito tempo, mas muito eficaz em qualquer pesca, deve-se ter cuidado com a manutenção da temperatura e o vento durante a jornada de pesca para os manter vivos o mais tempo possível pois umas das características fundamentais do ralo é a sua vivacidade no anzol e um odor muito forte.

O Ralo deve ser iscado pelo rabo permitindo que se mantenha vivo mesmo iscado, saindo a ponta do anzol no meio das tenazes de forma a dar a volta no anzol, uma vez que o peixe ataca sempre pela cabeça.

Para poder usar em situações de lançamentos um pouco mais longos (surfcastig ligeiro por exemplo) pode ser atado com um pouco de linha na zona do rabo à linha do estralho ou na haste do anzol, mas sem grande pressão somente para aguentar um lançamento um pouco mais longo, mas suave entre os 40m a 80m de distancia.

Bons Lances! e com Ralos é quase garantida uma boa pescaria.

Deixe um comentário