Minhoca americano: um isco “todo o terreno” que não dececiona

In Pesca by RedaçãoDeixe um comentário

É um isco resistente que pode suportar os lançamentos mais longos e os ataques de peixe miúdo.

Quando falamos de pesca de mar, e praticamente em todas os tipos de pesca, estamos sempre procurando qual o melhor isco ou amostra perfeita, que apenas ao tocar na água seja ferozmente atacado pelo peixe e que torne as nossas jornadas de pesca bem sucedidas.

Mas, apesar de todas as variáveis que temos que analisar e validar antes de cada jornada de pesca, infelizmente, ainda não existe o isco perfeito que nos garanta o sucesso a cada jornada. No entanto, embora essa perfeição não exista, há iscos que quase sempre funcionam, seja em situações de mar variável, seja com quase todos os tipos de peixes.

Hoje vamos falar sobre um desses iscos. Um verdadeiro clássico em técnicas como o surfcasting, mas também funciona perfeitamente no rockfishing, a minhoca “Americano”

Nome: Americano (Glycera dibranchiata)

Tipo: Isco Vivo; Blood Worm; Minhoca de Sangue

Tamanho: 15 a 30cm

Origem: USA

Conservação: 4 a 10 dias. Entre os 4ºC a 9ºC

A minhoca americano: características

O “americana” Glycera Dibranchiata é um anelídeo que tem uma forma cilíndrica alongada e tem um tamanho considerável entre os 10 e 30 centímetros. Tem uma cor que varia entre rosada e avermelhada e tem uma boca provida de 4 dentes/pinças.

Deve o seu nome de minhoca americano à sua origem, uma vez que é importado para o nosso país dos Estados Unidos e, apesar de ser uma espécie que não é nativa das nossas costas, tornou-se numa isca que é usada por quase todos os pescadores e apreciada pela maioria das espécies de peixes da nossa costa.

É uma minhoca com uma poderosa atracão odorosa proveniente do seu sangue, que em contacto com a água é uma das suas melhores atracções para os peixes.

É um isco resistente que pode suportar os lançamentos mais longos e os ataques de peixe miúdo.

Onde comprar e como manter as minhocas “americanos”

Em qualquer loja de pesca, onde encontraremos este isco vivo em caixas contendo 5 a 7 unidades por cerca de 5 a 7€  a embalagem. Embora pareça que são poucas minhocas em cada caixa, temos que levar em conta que o comprimento deste isco poderá resultar em varias iscadas, dependendo da forma e gosto que cada pescador gosta de usar e iscar este isco.

Para a sua preservação nas melhores condições, especialmente se não formos usá-las no mesmo dia ou se não as usarmos todas durante a jornada de pesca, a melhor opção será usar e manter na mesma caixa na qual foram adquiridas, com areia limpa previamente emudecida com água do mar. Uma vez em casa, devemos colocá-las no frigorífico, cobrindo a caixa para evitar que a água evapore e colocá-las no departamento destinado às frutas e legumes, pois isso as preservará muito melhor mantendo dentro das temperaturas recomendadas.

Como, quando e com que peixes podemos usar o americano

O americano é um daqueles iscos que podemos considerar “todo o terreno” porque, embora seja usado principalmente por praticantes do surfcasting, é perfeitamente válido para técnicas como o rockfishing ou pesca embarcada. É uma isca especialmente atraente para a dourada, o sargo ou a ferreira, embora outros peixes, como o robalo e até peixes grandes, como a corvina, também o tenham como uma isca apetitosa.

É um isco resistente que pode suportar os lançamentos mais longos e os ataques de peixe miúdo.

Deve ser iscado com a agulha, é preferível que tire a boca completamente para fora, para a qual pode estimulá-la esfregando-a.

Como dissemos anteriormente, podemos iscar a minhoca toda se procuramos exemplares grandes, mas se existir no pesqueiro peixe tamanho médio, ou se o peixe miúdo abundar podemos usar pequenos pedaços para melhor rentabilizar o isco.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.