Triunfo categórico de Portugal frente à Holanda

In Rugby by RedaçãoDeixe um comentário

A Seleção Nacional alcançou neste sábado no Estádio de Honra do Centro Desportivo Nacional do Jamor uma vitória categórica frente à Holanda, por 36-12, isolando-se na liderança do Rugby Europe Trophy 2017-18. Num jogo onde os Lobos confirmaram ser superiores, os cincos ensaios marcados por António Cortes (2), Salvador Vassalo, Manuel Cardoso Pinto e Francisco Vieira garantiram ao conjunto liderado por Martim Aguiar o ponto de bónus ofensivo.

Após dois jogos, Portugal mantém a pontuação máxima no Rugby Europe Trophy 2017-18 e deu um passo importante para voltar a garantir, pelo segundo ano consecutivo, a vitória na competição.

Frente à competente seleção da Holanda, que liderava a prova e é, em teoria, o rival mais complicado para os portugueses, os Lobos tiveram muito bem nos primeiros 40 minutos, período onde marcaram três ensaios: o jovem ponta de Agronomia António Cortes Monteiro fez dois toques de meta e Salvador Vassalo, no regresso à Seleção Nacional, fez o outro ensaio. José Rodrigues, com três conversões e uma penalidade, somou os restantes nove pontos nacionais.

O início do segundo período acabou por ser a pior fase dos Lobos na partida. Com uma entrada forte, a Holanda conseguiu dois ensaios (Sep Visser e Storm Carroll) e reduziu a desvantagem para 12 pontos (24-12), mas o XV português manteve o sangue frio e não deixou escapar a vitória.

Assumindo o domínio territorial nos últimos 20 minutos, Portugal passou a jogar no meio campo holandês e, de forma justa, marcou mais dois ensaios, por Manuel Cardoso Pinto e Francisco Vieira, garantindo dessa forma os cinco pontos atribuídos pela vitória com ponto de bónus.

XV de Portugal: 

1 – Hugo Valente; 2 – Nuno Mascarenhas; 3 – Bruno Medeiros ©; 4 – Geordie McSullea; 5 – Gonçalo Uva; 6 – Salvador Vassalo (5); 7 – Sebastião Villax; 8 – Vasco Fragoso Mendes; 9 – Manuel Queirós; 10 – José Rodrigues (3+2+2+2); 11 – António Cortes Monteiro (5+5); 12 – António Vidinha; 13 – Tomás Appleton; 14 – Manuel Cardoso Pinto (5); 15 – Nuno Sousa Guedes (2).

Jogaram ainda: 16 – Gonçalo Domingues; 17 – João Corte-Real; 18 – Fernando Almeida; 19 – Francisco Sousa; 20 – Francisco Vieira (5); 21 – Manuel Pereira; 22 – Jorge Abecasis; 23 – Francisco Bruno.

Calendário e resultados:

Rep. Checa-Polónia: 19-14

Moldávia-Holanda: 7-59

Polónia-Moldávia: 13-0

PORTUGAL-Rep. Checa: 45-12

Suíça-Holanda: 27-30

Moldávia-Suíça: 20-22

PORTUGAL-Holanda: 36-12

PORTUGAL-Suíça: 24/02/2018

Holanda-Polónia: 03/03/2018

Moldávia-PORTUGAL: 10/03/2018

Rep. Checa-Suíça: 10/03/2018

Holanda-Rep. Checa: 17/03/2018

Suíça-Polónia: 17/03/2018

Polónia-PORTUGAL: 24/03/2018

Rep. Checa-Moldávia: 21/04/2018

Classificação:

1.º Portugal – 10 pontos (2 jogos)

2.º Holanda – 9 pontos (3 jogos)

3.º Polónia – 5 pontos (2 jogos)

4.º Suíça – 5 pontos (2 jogos)

5.º República Checa – 4 pontos (2 jogos)

6.º Moldávia – 1 ponto (3 jogos)

Fonte:

Federação Portuguesa de Rugby, Foto: Miguel Rodrigues

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.