Vitória gloriosa para Jóni Brandão na 4.ª Etapa do Grande Prémio JN

In Ciclismo, Ciclismo de Estrada, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

Chega neste sábado a tão esperada vitória no 29.º Grande Prémio Jornal de Notícias, através de Jóni Brandão, que de forma gloriosa foi o primeiro a cruzar a linha da meta em Valongo, que recebeu a partida e a chegada da 4.ª Etapa, após 130,6 km de corrida. Além de vencer a tirada, o trepador conquistou a Camisola Verde, dos Pontos e foi eleito o mais combativo do dia.
Rafael Silva, 12 segundos depois, fez o 2.º lugar da tirada, Henrique Casimiro foi o 4.º classificado e Fabricio Ferrari fechou o Top 15, ao terminar na 14.ª posição. Coletivamente a EFAPEL foi a equipa que subiu ao 1.º lugar do pódio nesta 4.ª Etapa.
Relativamente à Classificação Geral Individual, que volta a ser mexida após a prova de hoje, é Fabricio Ferrari que continua melhor posicionado, no 3.º lugar e a 30 segundos do Camisola Amarela. O triunfo de hoje valeu a Jóni Brandão a subida ao 8.º lugar, que reduziu substancialmente a diferença para o líder, de quem agora está a 01m33s. A EFAPEL mantém-se, à semelhança de ontem, no 3.º lugar da Geral por Equipas.
O Grande Prémio JN entrou hoje na fase decisiva. E foi de forma muito movimentada que começou a 4.ª Etapa, o que já se antevia pelo percurso, com constante sobe e desce, que beneficiava a EFAPEL, na sua maioria constituída por trepadores. Juntos, desempenharam um brilhante trabalho. A começar pelo ataque de Bruno Silva, que realizou a primeira tentativa de fuga, logo aos 3 km. Juntaram-se depois dois adversários e o trio manteve-se até à segunda subida de primeira categoria da jornada, a cerca de 50 km da meta.
Foi nesta fase que Jóni Brandão atacou e fez a ponte para a fuga, onde contou com Bruno Silva, que, entretanto, foi absorvido pelo pelotão. Faltavam 25 km para cruzar a meta quando Jóni Brandão aposta tudo numa “cavalgada” e, em solitário, vai conquistando alguns segundos sobre o pelotão. Até triunfar na meta, a 12 segundos do companheiro Rafael Silva, 2.º classificado.
“Ataquei para vencer a etapa, mas também para recuperar tempo na Geral Individual. Sofri muito ao longo de toda a tirada, mas consegui a vitória. O tempo ganho não foi muito, mas tudo continua em aberto a duas etapas do final da competição. Já amanhã irei dar tudo de mim na Senhora da Assunção”, prometeu Jóni Brandão, que este sábado venceu, sem margem para dúvidas, de forma gloriosa. Resistiu, até ao fim, à velocidade que a W52-FC Porto imprimiu no comando do pelotão, mas ainda assim não suficiente para alcançar Brandão, que mostrou mais uma vez a vigorante forma de que goza.
Américo Silva, diretor desportivo da EFAPEL, afirmou que esta foi “uma etapa bastante seletiva, com uma grande vitória por parte do Jóni Brandão, mas também um grande trabalho coletivo de toda a equipa. Por isso só temos de estar todos coletivamente satisfeitos”, sublinhou.
Domingo é dia de decisões, ao trazer a penúltima tirada da competição. A 5.ª Etapa será uma crono-escalada com 7,1 km, entre Santo Tirso e o Alto da Senhora da Assunção. O início está marcado para as 15 horas (junto ao Mosteiro de São Bento), prevendo-se que a prova termine depois das 18 horas, com a meta instalada no Santuário da Senhora da Assunção.

CLASSIFICAÇÕES:

CLASSIFICAÇÃO ETAPA  4.ª ETAPA: Valongo – Valongo: 130,6 km

1.º Jóni Brandão (EFAPEL), 03h17m59s
2.º Rafael Silva (EFAPEL), a 12s
4.º Henrique Casimiro (EFAPEL), mt
14.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), mt
21.º Bruno Silva (EFAPEL), mt
22.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 28s
40.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 10m42s

CLASSIFICAÇÃO ETAPA POR EQUIPAS
1.ª EFAPEL, 09h54m21s

CLASSIFICAÇÃO GERAL – AMARELA 
1.º Ricardo Mestre (W52-FC Porto), 15h29m14s
3.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), a 30s
8.º Jóni Brandão (EFAPEL), a 01m33s
11.º Rafael Silva (EFAPEL), a 02m07s
12.º Henrique Casimiro (EFAPEL), a 02m12s
17.º Bruno Silva (EFAPEL), a 02m43s
23.º Sérgio Paulinho (EFAPEL), a 03m29s
38.º Niki Mihaylov (EFAPEL), a 12m35s

CLASSIFICAÇÃO GERAL POR EQUIPAS
1.ª W52-FC Porto, 46h08m56s
3.ª EFAPEL, a 16s

CLASSIFICAÇÃO GERAL PONTOS – VERDE 
1.º Jóni Brandão (EFAPEL), 50 Pontos
2.º Rafael Silva (EFAPEL), 50 pontos
13.º Henrique Casimiro (EFAPEL), 14 Pontos
19.º Fabricio Ferrari (EFAPEL), 6 Pontos
21.º Niki Mihaylov (EFAPEL), 6 Pontos
28.º Bruno Silva (EFAPEL), 3 Pontos

CLASSIFICAÇÃO GERAL MONTANHA – AZUL 
1.º Paulo Silva (Fortunna-Maia), 34 Pontos
4.º Bruno Silva (EFAPEL), 28 Pontos
5.º Jóni Brandão (EFAPEL), 25 Pontos
25.º Henrique Casimiro (EFAPEL), 3 Pontos

CLASSIFICAÇÃO GERAL METAS VOLANTES – LARANJA 
1.º António Barbio (LA Alumínios-LA Sport), 10 Pontos
6.º Jóni Brandão (EFAPEL), 4 Pontos
7.º Bruno Silva (EFAPEL), 3 Pontos

Fonte:

EFAPEL

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.