Sadinos vencem velho rival e seguem invictos

In Minifootball by RedaçãoDeixe um comentário

SUPERLIGA SÉRIE PINHALNOVO

Bairro do Liceu 3-2 Desportivo
Ion Gori foi osso duro de roer

Jogo equilibrado até meio da primeira parte, depois da entrada de Ion Gori o jogo mudou, a equipa surgiu com mais perigo na frente e apareceu o primeiro golo para a equipa do Liceu. 1-0 ao intervalo. Na segunda parte o jogo foi mais intenso, mais aberto e com mais espaço na defesa. Óscar a fazer o empate com um belíssimo remate de fora da área. Após esse golo surgiu novamente o golo do Liceu, voltando a estar na frente do marcador, mas pouco durou, Pedro Rafael numa boa jogada a fazer o empate, 2-2. Até final houve imensa guerrilha, jogo a ferver, mas com chances de golo para ambos os lados. Bairro do Liceu conseguiu fazer mais um golo perto do fim e aguentou o resultado até final, 3-2. Destaque para Ion Gori com 2 assistências e agitando o jogo sempre que esteve em campo.

Bridgestone 1-2 Atlético
Reviravolta a fechar garante triunfo

Bridgestone e Atlético de Setúbal a encontrarem-se e a procurarem a primeira vitória. Jogo bastante equilibrado, ambas as equipas muito cautelosas e poucas chances de golo. A primeira parte termina 0-0. A segunda parte a ser igual ao da primeira, até que houve uma boa jogada de transição defesa/ataque e surgiu o primeiro golo para o Bridgestone. Após o golo, o jogo abriu, Atlético a subir mais no terreno e a procurar o empate e possivelmente a vitória. Tanto tentaram que conseguiram, não só o empate como no último segundo fizeram o golo da vitória e a reviravolta no marcador. 2-1, resultado final e a favor do Atlético.

Sadinos 4-1 Zuka Barber
Fábio Pitadas inspirado ajuda a sua equipa a vencer

Sadinos contra Zuka Barber, terceiro jogo do dia, uma rivalidade já antiga, onde ninguém quer perder nem a feijões. Jogo muito bem disputado mas a vir ao de cima a superioridade dos Sadinos. 2-1 ao intervalo com bons lances de futebol na primeira parte. Na segunda parte, apesar de tentar, Zuka Barber, não conseguiu marcar mais nenhum golo e poucas oportunidades flagrantes teve. Sadinos, ainda fizeram mais 2 golos e desperdiçaram mais uns quantos. 4-1 resultado final. Fábio Pitadas em destaque, grande jogo, esteve muito bem quer defensivamente quer ofensivamente, fazendo ainda 2 golos para a sua equipa.

Palhota 2-1 Portela Cafés
Rafael Morais decisivo no encontro

Portela Cafés a entrar mais forte, a dar profundidade no ataque com o seu ponta de lança André Rosa, onde levou amarelo, e quando voltou à partida marcou golo e pus a sua equipa na liderança. Portela a sentir a falta de alguns jogadores mas a determinação do seu ponta de lança a conseguir segurar o resultado até ao intervalo, 1-0. Na segunda parte, Palhota a procurar a vitória, e logo no início a conseguir dois golos e assim deu a volta ao marcador. 2-1 a favor da Palhota. Portela ainda tentou mas sem sucesso. 2-1, resultado final. Destaque para Rafael Morais da Palhota, marcou um golo e ainda esteve nos lances mais perigosos da sua equipa.

SUPERLIGA SÉRIE BARREIRO

FasterFix Team 5 – 9 Canarinhos F7 
Canarinhos voltam a vencer

Após a derrota na ronda inaugural a FasterFix team tinha nesta partida a oportunidade para inverter a situação, por seu turno a equipa CanarinhosF7 apresentava como missão manter-se na senda das vitórias após o resultado favorável obtido na primeira jornada.

Com um inicio de jogo calmo, valeu à equipa dos Canarinhos a sua eficácia para conseguirem dilatar o marcador, muito por mérito da dupla composta por André Bandeira e Paulo Dias, que em conjunto apontaram cinco golos e permitiram à sua equipa acelerar a marcha do marcador.

No inicio da segunda parte, disputada a um ritmo mais elevado, a FasterFix Team reagiu, com destaque para o irrequieto Ruben Vieira,  e aproximou-se no marcador, porém encontrou em António Alves da equipa Canarinhos, um forte opositor que através de um hat-trick impediu uma ameaça real para conquista destes preciosos três pontos que colocam a sua equipa na liderança da tabela classificativa.

F-Street- Keylift 3 –  6 Barreiro Stara Zagora
Stara Zagora continua na senda das vitórias

Com sortes diferentes na primeira jornada, a F-Street- Keylift chegava a esta partida com o intuito de conquistar o três pontos e reagir ao desaire da primeira jornada, contudo encontravam na equipa Barreiro Stara Zagora um opositor motivado pelo resultado positivo da ronda inaugural.

Numa partida marcada pela incessante procura pelas balizas, foram as defesas de ambas as equipas e a sua organização a nota dominante de uma primeira parte disputada a um ritmo bastante elevado, com uma enorme disputada a meio campo e onde o equilíbrio entre ambas as equipas foi notório.

Com uma forte entrada na segunda parte a equipa do Barreiro Stara Zagora  rapidamente desfez o empate a duas bolas registado ao intervalo e sem permitir a aproximação da equipa adversária no marcador embalou para mais uma vitória. Nota de destaque para um bis assinalado por Rafael Beja da F-Street- Keylift que mereceu igual resposta por parte do seu adversário Paulo Matos.

Ba-yern 7 – 2 Chape SC
Pedro Oliveira continua em destaque

Concentrados em continuar na liderança da tabela classificativa a Ba-yern encontrava nesta partida a oposição de uma Chape SC apostada em corrigir o resultado negativo sofrido na jornada anterior.

Numa primeira parte intensa,  repleta de ataques rápidos e oportunidades de golo, o marcador foi inaugurado num belo remate de meia distância por parte de João Nobre que assim colocava a Ba-yern na liderança da partida. Com uma resposta rápida, Daniel Magro igualou o marcador que voltou a avançar de forma favorável para a Ba-yern com dois golos em poucos segundos, nota de destaque para Pedro Oliveira que deu o seu contributo com um vários pormenores de classe, assistências e um golo na primeira metade da partida.

A etapa complementar da partida fica marcada pela tentativa da Chape SC  em alterar o rumo do marcador, contudo através da ação da defesa adversária, mais precisamente do guarda redes Pedro Dias, a aproximação  não foi conseguida, permitindo ainda que uma eficaz  Ba-yern conseguisse aumentar a diferença de golos e a alcançar os três pontos em disputa assegurando a segunda vitória em tantas possíveis.

SUPERLIGA SÉRIE AMORA

Amigos Imigrantes 1-6 NEP
NEP foi mais forte e conseguiu vencer

Depois de uma derrota na 1ª jornada, as formações do NEP e dos Amigos Imigrantes, tinham um só objectivo para este encontro: vencer, para não perder de vista os lugares da frente. O jogo começou dividido, com ambas as equipas a tentarem não dar espaços na sua defesa e a procurar, com combinações colectivas, chegar a zonas de finalização.

Estava difícil criar lances de perigo até que Renato Nobre desbloqueou um jogo. Na conversão de um livre directo, por si conquistado, fez um golaço, e abriu caminho para o resultado que a sua equipa construiu. Três minutos depois foi Ruben Brito a fazer o 2-0 e o mesmo jogador bisou na 2ª parte. Reduziram os Amigos Imigrantes num lance com Ederson Sousa a ser mais espedito que a defesa contrária, mas os espaços concedidos pelos Amigos Imigrantes revelaram-se decisivos para o avolumar do resultado, com Nilson a coroar uma excelente exibição com golo, Bruno também a facturar e Tiago Rocha a inserir o seu nome na lista de goleadores do encontro.

Vitória justa do NEP que mostrou qualidade individual e colectiva, frente a uma equipa dos Amigos Imigrantes que num dia inspirado pode ser osso duro de roer para qualquer formação.

Forty Five’s 4-6 Promessas Esquecidas FC
Miúdos da Amora entram muito fortes na 1ª parte

Após a vitória na primeira jornada, os Forty Five’s tinham aqui um duro teste pela frente mas que em caso de vitória colocava a equipa numa posição muito privilegiada. Já as Promessas Esquecidas, depois da derrota na ronda inaugural, tinham a obrigatoriedade e vencer, e logo contra um adversário que já tinha 3 pontos.

O jogo começou equilibrado, intenso, com todos os lances disputados até ao limite. Só que Zanfir Andrei, num grande momento individual, desbloqueou o encontro e num remate cruzado fez o 1-0. O golo abanou o último reduto dos Forty Five’s e João Silva acabaria por fazer o 2-0 pouco tempo depois. A 1ª parte foi totalmente demolidora das Promessas, e Graça primeiro, e Zanfir depois, fizeram um 4-0 que parecia resolver o jogo. Só que Edmilson mesmo em cima do descanso reduziu e abriu novamente as contas do jogo.

E que jogo tivemos na 2ª parte! Carlos Batista e Edmilson em 2 minutos reduziram para a diferença mínima e relançaram mesmo a discussão do encontro. O período seguinte foi morno, com o jogo a ter muita intensidade e bastante equilíbrio, e a não haver situações de finalização de relance. Só que os miúdos da Amora exploraram e bem o balanceamento ofensivo do seu adversário e acabariam mesmo por saber fechar o jogo, em dois lances de contra-ataque, com João Silva a bisar e David Carrondo a dar segurança total à equipa. Carlos Batista ainda reduziu mas o resultado estava feito.

Vitória justa das Promessas Esquecidas sobretudo pelo futebol que praticaram no primeiro tempo, que foi totalmente demolidor, e teve o condão de desestabilizar a equipa dos Forty Five’s, que quando se encontrou e controlou o jogo já tinha um score muito negativo pela frente.

Youngs 8-2 Playboy
A diferença esteve a eficácia

Jogo com resultado um pouco dilatado face às circunstâncias. O Playboy conseguia fazer mais remates na primeira parte mas o YFC com o primeiro remate conseguiu marcar. Ao intervalo havia apenas 1-0 para o YFC mas com o primeiro toque na bola na segunda parte aumentaram a vantagem para 2 golos. Os últimos 25 minutos foram bem mais emocionantes pelo número de golos que houve e pelas oportunidades que existiram. O YFC foram a melhor equipa num cômputo geral, foram mais organizados e tiveram mais oportunidades. No Playboy FC, Miky João destacou-se ligeiramente dos restantes enquanto que Jonathan Vaz e também Nicolas Portela se destacaram no YFC a nível ofensivo porque causaram mossa na equipa adversária.

Fonte: Minifootball

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.