O CD Tondela começa 2018-2019 a fazer história

In Taça da Liga by RedaçãoDeixe um comentário

No primeiro jogo oficial da temporada os auriverdes conseguiram colocar pela primeira vez o Tondela na fase de grupos da Allianz Cup depois duma vitória por 2-0 no D. Afonso Henriques.

Assente numa base muito sólida que transita da época anterior (no onze inicial apenas Chicho Arango era ‘reforço’) a equipa do CD Tondela controlou bem os ímpetos do Vitória SC e foi pragmática nas oportunidades que criou.

Chicho Arango colocou os tondelenses na frente aos 26 minutos aproveitando um livre directo sob a esquerda para enganar os vitorianos e fazer golo com um remate rasteiro ao primeiro poste que Miguel Silva não conseguiu evitar.

Do outro lado Tyler Boyd, agora vestido de branco, testou os reflexos de Cláudio Ramos que fez a defesa da noite.

No segundo tempo o regresso de Jhon Murillo ao Tondela não poderia ter melhor apontamento. Rápido e letal como já nos habituou, o pequeno venezuelano furou a defesa vitoriana para combinar bem com Chicho e bater Miguel Silva sem contemplações fixando o resultado final em 2-0.

Os auriverdes estão assim pela primeira vez na fase de grupos da competição.

 

Ficha Técnica

Jogo no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães

Assistência: 15593 espectadores

Árbitro: António Nobre

Ao intervalo: 0-1

Marcadores: Chicho (26) e Jhon Murillo (71)

Acção disciplinar: cartão amarelo a Miguel Cardoso (33), Dodo (45+1), Delgado (52), Hélder Tavares (60) e F. Venâncio (64).

 

Vitória SC – 0

Miguel, Rafa Soares, Guedes, Teixeira, A. André, Boyd, Osorio, A. Wakaso, John, F. Venâncio e Dodo

Substituições: Guedes por Tallo Jr. (45), Boyd por Davidson (59) e Teixeira por Tozé (69).

Suplentes não utilizados: Douglas, João Afonso, Florent e Celis.

Treinador: Luís Castro

 

CD Tondela – 2

Cláudio Ramos, David Bruno, Jorge F., Ricardo Costa, Joãozinho, Bruno Monteiro, Hélder Tavares, Chicho, Miguel Cardoso, Juan Delgado e Tomané

Substituições: Delgado por Jhon Murillo (59), Tomané por Sergio Peña (66) e Chicho por Pablo Sabbag (83)

Suplentes não utilizados: Pedro Silva, João Reis, Tembeng e Xavier.

Treinador: Pepa

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.