Boa prestação coletiva na chegada ao Alto de Santa Quitéria

In Ciclismo, Ciclismo de Estrada, Modalidades by RedaçãoDeixe um comentário

A oitava etapa da 81.a Volta a Portugal Santander, disputou-se hoje entre Viana do
Castelo e Felgueiras (Alto de Santa Quitéria). Chegada bastante dura fez algumas
diferenças, mas Hugo Sancho uma vez mais esteve em bom nível ao terminar entre os
15 primeiros.
Os 156,6 quilómetros de etapa foram bem animados, uma fase inicial plana junto às
praias onde o andamento foi muito forte e o pelotão não permitiu que nenhuma fuga
ganhasse vantagem. Fuga de dois elementos que só se adiantou perto do Prémio de
Montanha da Agrela, e onde a partir desse momento os ataques da equipa W52-FC
Porto foram constantes.


A 16 quilómetros da chegada, a fuga viria a ser alcançada e seria um pelotão compacto
a abordar a subida final para o Alto de Santa Quitéria. A equipa esteve bem ao colocar
Hugo Sancho numa boa posição no início da subida e depois também Gaspar Gonçalves
e Sérgio Vega fizeram uma subida de bom nível.
Hugo Sancho viria a cortar a meta na 15a posição, a 21 segundos do vencedor da etapa
João Benta (RP-Boavista). Com este resultado, Hugo Sancho mantém a sua posição na
Classificação Geral Individual, igualmente o 15o posto.
Coletivamente a Miranda-Mortágua obteve uma boa prestação, obtendo o 6o lugar por
equipas na etapa. Na Classificação Geral por Equipas subimos duas posições, estamos
agora no 8o lugar.
A nona etapa, a disputar neste sábado, poderá ser o dia D desta corrida. São apenas
133,5 quilómetros, entre Fafe e o alto do Monte Farinha, a popular Senhora da Grança,
em Mondim de Basto. O quilómetro zero assinala o início da primeira subida pontuável,
de quarta categoria, em Golães (1200 metros a 7,6 por cento). Segue-se a segunda
categoria no alto do Viso (13,5 quilómetros a 3,4 por cento), aperitivo para as três
montanhas de primeira categoria: Alto da Barra (13,3 quilómetros a 5,8 por cento),
Barreiro (9,9 quilómetros a 6,5 por cento) e Senhora da Graça (8,3 quilómetros, a 7,2
por cento).

Classificação Etapa
Viana do Castelo – Alto de Santa Quitéria: 156,6 kms
1.o João Benta (RP-Boavista), 3h49m18s
15.o Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), a 21s
22.o Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 34s                                                              36.o Sergio Vega (Miranda-Mortágua), a 54s
82.o Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 12m23s
93.o Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 16m52s
96.o Cristian Mota (Miranda-Mortágua), mt
98.o Leangel Linarez (Miranda-Mortágua), mt

Classificação Geral
1.o Joni Brandão (Efapel), 36h40m19s
15.o Hugo Sancho (Miranda-Mortágua), a 4m11s
44.o Daniel Freitas (Miranda-Mortágua), a 30m30s
45.o Sergio Vega (Miranda-Mortágua), a 31m38s
65.o Gaspar Gonçalves (Miranda-Mortágua), a 55m22s
99.o Cristian Mota (Miranda-Mortágua), a 1h47m14s
107.o Leangel Linarez (Miranda-Mortágua), a 2h18m24s
111.o Jesús Nanclares (Miranda-Mortágua), a 2h25m20s

Classificação por Equipas na Etapa
1.o W52/FC Porto, 11h28m09s
6.o Miranda-Mortágua, a 1m34s
Classificação Geral por equipas
1.o W52-FC Porto, 109h58m37s
8.o Miranda-Mortágua, a 36m37s

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.