José Borges conquista Taça de Portugal de Enduro BTT

In BTT by RedaçãoDeixe um comentário

José Borges, da Miranda Factory Team, venceu ontem, dia 14 de outubro, na categoria de Elites a quinta e última prova da Taça de Portugal de Enduro BTT, disputada em Ponte de Lima e que lhe permitiu conquistar a Taça de Portugal. O segundo melhor piloto em prova foi o companheiro de equipa Vasco Bica, um nome bem conhecido nas pistas de Downhill, mas que com o fim da temporada desafiou-se para participar na prova que correu os territórios limianos de Bárrio e Cepões.

José Borges, Campeão Nacional de Enduro em Elite masculino, título que renovou recentemente pela quarta vez consecutiva, foi o dominador absoluto da corrida deste domingo, que contou com cerca de duas centenas de participantes. O piloto partiu desde logo com vantagem, por ocupar o topo da classificação Geral ao somar os pontos necessários para sair confiante.

O Elite da Miranda Factory Team acabaria por ser o melhor atleta em prova, vencendo quatro das cinco especiais classificativas que lhe valeram a conquista do troféu. Já o colega de equipa, o Elite Vasco Bica, foi o segundo classificado, a 40,006 segundos. Com 750 pontos, mais 160 do que o segundo classificado na Geral, José Borges subiu ao pódio para brindar ao novo título.

“Devido à forte chuva que caiu na noite anterior, sendo eu o primeiro atleta em pista ia com algum receio”, explicou José Borges. O seu objetivo “era conquistar o campeonato e para isso sabia que não podia falhar nada. Andei sempre cuidadoso e sem arriscar nada. No final deu para vencer a prova e ainda trazer a Taça de Portugal de Enduro”, rematou, bastante feliz com o novo título. E concluiu: “Acabo a época em beleza conquistando todos os meus objetivos pessoais: Campeão Nacional, vencedor da Taça de Portugal de Enduro BTT e ainda muito perto do Top 10 Mundial”.

Por seu turno, Vasco Bica, piloto de Downhill, referiu que “tendo em conta o calendário de Downhill já ter terminado por esta época, fui fazer a última etapa da Taça de Portugal de Enduro, com o intuito de me divertir e treinar, visto não ser a minha modalidade”, explicou. Ainda assim, o piloto da Miranda&Irmão conseguiu classificar-se com “um segundo lugar, que me deixou bastante admirado e contente com a minha prestação”.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.