12º Portugal Masters

In Golfe by Álvaro Manuel MarrecoDeixe um comentário

Decorrem em bom ritmo as montagens no Dom Pedro Victoria Golf Course, para receber a maior prova de golfe que se vai realizar em Portugal no corrente ano de 20 a 23 de Setembro, com o Pro-Am a 19. Pelo que nos apercebemos, haverá algumas alterações em relação aos anos anteriores, tanto nas estruturas (bancadas, placards e tendas), como até na parte do percurso, pois os fairways emagreceram muito e o rough está muito alto. Por esse facto é de prever que os resultados se ressintam da situação e nada nos admirará que não tenham tanta expressão como nas anteriores edições, muito embora o “field” deste ano seja quanto a nós o melhor de sempre. Esta prova, que desde 2007 faz parte do calendário do European Tour, tem um prize money de dois milhões de euros, que terão acicatado o apetite de muitas estrelas do golfe europeu e mundial, pois vamos ter vários campeões de majors, assim como vários habitués da seleção europeia na Ryder Cup. De entre todos os “colossos” que irão estar presentes, destacamos o “nuestro hermano” Sérgio Garcia (vencedor do Masters de 2017 no Augusta Nacional), o irlandês Padraig Harrington (que já venceu 3 Grand Slam e tenta a 2ª vitória em Portugal), o inglês Danny Willett (vencedor do Masters de 2016), o campeão em título o dinamarquês Lucas Bjerregaard, bem como um trio que já venceu a nossa prova, Alexander Levy (francês) e os irlandeses Shane Lowry e Andy Sullivan. Também estarão entre nós, várias lendas do golfe mundial, encabeçados pelo espanhol José Maria Olazábal e do argentino Angel Cabrera. A armada portuguesa, irá ter a participação de nove elementos (na edição do ano passado estiveram treze) e é encabeçada pelo Ricardo Melo Gouveia (no ano passado obteve a 5ª posição com -14) que presentemente ocupa a 129ª posição na corrida para o Bubai e precisa chegar ao “top 1oo” para manter o cartão e é o único que teve entrada direta na prova. Dos outros oito, seis profissionais foram convidados pela PGA de Portugal e dois amadores pela FPG. Ricardo Santos (é um dos três portugueses que já venceu um torneio do European Tour e conta este ano com uma vitória no 4º Palmares Classic), Tiago Cruz, Tomás Silva, João Carlota, Tomás Melo Gouveia e Miguel Gaspar são os outros profissionais e contam este ano com alguns resultados positivos em provas nacionais e internacionais. Os convites federativos foram para o Vítor Lopes e Afonso Girão. Tudo se conjuga para que a edição deste ano seja mais um sucesso e pelo que vislumbrámos “in loco”, não temos dúvidas que o palco Dom Pedro Victoria Golf Course vai estar impecável para receber esta 12ª edição.

 

 

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.