Luisa Pereira e Rute Lopes expressam o seu desagrado

In Atletismo, Modalidades by RedaçãoOs comentários de 5

 

Atletas desde Setembro à espera de uma resposta para poderem treinar

 

Para conhecimento geral de uma situação que é de todo desagradável, Rute Lopes (residente em Viseu) e Luísa Pereira (nascida e residente em Viseu), duas atletas de bom nível nacional, vêem-se obrigadas a pagar 2.29€/hora, para treinar na pista do Estádio do Fontelo. As atletas pertencem ao União Clube Eirense, um clube de fora do distrito (Coimbra), como acontece a tantos outros atletas. É de mencionar que Luísa Pereira já foi atleta da Associação de Atletismo de Viseu (CARDES-Centro de Arte e Desporto de Barbeita) durante vários anos e detentora de vários recordes distritais. Rute Lopes reside neste momento em Viseu e, é de salientar que ambas são já detentoras de alguns pódios nacionais tais como: vice-campeãs nacionais de clubes da Segunda Divisão, em pista coberta e ar livre, terceiras classificadas na estafeta de 4x400m dos campeonatos de Portugal em pista coberta e vice-campeãs da mesma prova ao ar livre. Apesar das várias tentativas do seu clube e da sua associação de atletismo, através de emails enviados para a Câmara Municipal de Viseu, a solicitar autorização para utilização da pista de atletismo do Estádio do Fontelo com isenção de pagamento de taxa, estas atletas ainda não obtiveram qualquer resposta.  Posto isto, até lá terão de continuar a fazer o pagamento que lhes é exigido, para poderem preparar os campeonatos nacionais que se avizinham, visto ser necessário que os treinos sejam continuados para um melhor rendimento e, para a conquista dos objetivos das atletas. É de todo frustrante que desde Setembro não lhes foi dada qualquer resposta, tendo em conta o número de emails enviados e reenviados às referentes entidades.

Salvo melhor opinião, entendemos que os equipamentos desportivos disponibilizados pelas autarquias devem ter por si só um cariz motivador para a prática desportiva e não o seu contrário.

Luisa Pereira e Rute Lopes

Comentários

  1. Se fosse “alguém” ligado ao futebol já estaria resolvido o problema ou melhor nunca se punha o problema.

  2. Triste país este e a sua cultura desportiva! Estive em Sion na Suíça, apenas por um fim de semana e lá havia uma excelente pista em espaço livre, aberto para quem quisesse praticar seu desporto… Enfim, culturas…
    Vêem-se bem as diferenças entre os atletas de um país e o outro!!
    Falta de protocolos entre as câmaras e as associações…

  3. Boa tarde, sinto na pele exatamente o mesmo que as duas atletas em causa. Estou filiado pelo Centro de Atletismo de Seia na Associação de Atletismo da Guarda.
    Já me desloquei várias vezes pessoalmente á Associação de Atletismo de Viseu e até agora nada feito, pelo que me parece raramente está aberta no horário apresentado. Resta-me continuar a tentar. Até lá, sou mais um na mesma situação!

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.