Nadadoras do Académico com marcas fabulosas em Santo António dos Cavaleiros

In Modalidades, Natação by RedaçãoDeixe um comentário




A equipa feminina do Académico de Viseu deslocou-se a Loures para disputar o Nacional de Clubes, nas piscinas de Santo António dos Cavaleiros, garantindo a manutenção, primeiro objetivo, realizando marcas de valor Nacional.


Estiveram 24 equipa em Loures, a disputar a segunda Divisão Nacional, durante quatro sessões, nos dia 8 e 9 de Dezembro.
As convocadas de Humberto Fonseca foram Lara Carrilho, Beatriz Cunha, Joana Cardeal, Francisca Gonçalves, Beatriz Cardeal e Beatriz Correia.
As Academistas fizeram o campeonato de bom nível, com muitos recordes pessoais, do Clube e ainda da ANCNP.
Joana Cardeal realizou uma prova de 200 Costas, com a melhor marca de sempre absoluta da ANCNP, 2,18,03s ficando na segunda posição, perdendo apenas para a Espanhola Andrea Melendo Romero do Louletano, que nadou em 2,17,96s, na prova mais disputada e renhida deste Nacional.
O campeonato abriu com uma boa prova de Francisca Gonçalves, com a seu melhor tempo nos 400 Livres, que permitiu aos Viseenses começar o Campeonato em zona tranquila. Beatriz Cardeal fez também um bom torneio, destacando-se a marca dos 200 Mariposa, 2,27,72s para a ainda juvenil Academista.
A estafeta final do Académico, 4×200 Livres, foi fenomenal com Joana Cardeal em 2,06,06s, Francisca Gonçalves a 2,11,44s, Beatriz Correia em 2,18,48s e Beatriz Cardeal a nadar em 2,11,98s, que perfez a fantástica marca de 8,47,96s, melhor tempo de sempre para uma estafeta do Académico.
Campeonato tranquilo das jovens Academistas, que apresentaram das médias de idades mais baixas neste campeonato.

 

Equipa Masculina garante manutenção de forma tranquila

Os nadadores do Académico disputaram em Abrantes, no fim de semana anterior, o seu Nacional de Clubes. Os nadadores do Académico de Viseu alcançaram um tranquilo décimo segundo posto, que lhes garantiu a manutenção, ficando no primeiro terço da tabela.
Com uma equipa menos experiente que o habitual, o Académico de Viseu apresentou-se este ano no nacional de clubes, com três caras novas, a fazerem a sua estreia em provas Nacionais, de Clubes. A disputar esta época o terceiro escalão da modalidade, os Viseenses eram das equipas mais jovens presentes em Abrantes.
Os escalados para esta competição foram André Moura, João Teixeira, Ricardo Machado, Miguel Lopes, Samuel Figueira, André Santos e Luís Santos.
Samuel Figueira fez a sua estreia em Abrantes e não acusou a pressão, nadando de forma fantástica os 800 Livres, com o tempo de 8,47,53s, valendo-lhe a sétima posição.
Ricardo Machado estabeleceu também um novo máximo pessoal nos 50 Livres, com 24,98s.
André Moura voltou a ser o esteio desta equipa, valendo-se da sua vasta experiência e qualidade para garantir pontos essenciais para a equipa, ao longo das 5 provas que disputou.
Luís Santos e André Santos foram os outros estreantes e cumpriram com a sua obrigação.

Até final do ano os Academistas irão ainda disputar em Braga, já no próximo fim de semana o Zonal de Juvenis, deslocando-se no fim de semana seguinte a Felgueiras para o Nacional de Juniores e Seniores.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.